Homofobia no BBB? Rodolfo afirma que Gil “o incomoda”

Gilberto, que é gay assumido, já havia comentado com alguns participantes do reality que Rodolfo sempre se retira quando ele está no mesmo espaço

Se antes era uma desconfiança, agora é uma certeza. Durante conversa com a sister Sara, Rodolfo comenta que não consegue ficar no mesmo ambiente que Gil, que é gay assumido, e que o jeito do brother o “incomoda”.

“Me incomoda, me incomoda sim, de eu não ter lugar. É involuntário, eu não domínio isso”, justificou Rodolfo o seu sentimento de repulsa por Gilberto.

Porém, Gilberto já havia alertado alguns brothers que tinha notado o incômodo de Rodolfo com sua pessoa. Durante uma conversa com Bill (que já foi eliminado), Gil relata que, sempre que ele chegava em um ambiente, o Rodolfo saía.

“O Rodolfo… toda vez que estou em um lugar, ele sai. Toda vez que estou em um ambiente ele sai. E vocês não entendem o porquê”.

Bill concorda com a Gil. “Eu percebi isso. Relaxa, mano”. Gil responde: “Eu não sei o que eu fiz para ele. Eu queria saber”.

Além da homofobia de alguns participantes, a presença de Gil tem despertado a imaginação de outros. A cena se deu durante um almoço, quando Juliette pediu um pedaço de carne para Gil e perguntou: “você vai me dar?”.

Caio, que estava na mesa, entrou no papo e deu a conotação sexual: “Gil, você vai dar pra mim? Vou te por uns dois dias para andar de cadeira de rodas, você vai ver”.

Juliette começou a rir e disse que era propaganda enganosa de Caio que, a partir do deboche começa a se vangloriar de seu membro e fazer insinuações de cunho sexual para Gil.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR