Huck e Moro: Alguém armou o palco para se projetar em 2022, por Cleber Lourenço

Sabemos do histórico do ex-juiz da Lava Jato. Além disso, todo mundo com o mínimo de conhecimento político sabe que Moro não é confiável.

Muito provavelmente Luciano Huck (ele sabe que Moro não tem mais capacidade política para ir para o Planalto) ainda insistirá na estratégia tosca de ficar acenando para os extremistas e “roubando” apoiadores de Jair Bolsonaro.

Embora afirmem que Moro foi quem sugeriu a reunião, ainda precisamos saber quem “vazou” o encontro para a imprensa.

Sabemos do histórico do ex-juiz da Lava Jato. Por outro lado, é uma boa oportunidade para Huck se exibir para o eleitorado do Partido Lavajatista. Além disso, todo mundo com o mínimo de conhecimento político sabe que Moro não é confiável.

Huck hoje tenta se cacifar e personificar o discurso da “nova política” entorno de si próprio. É esperado que tente conseguir as bênçãos dos lavajatistas, patronos do discurso infame em defesa da antipolítica.

Avatar de Cleber Lourenço

Cleber Lourenço

Não acho que o debate politico e o jornalismo precisem distribuir informação de forma fria e distante dos leitores, notícias são somente úteis no contexto do cotidiano e é nisso que acredito.

E-mail: cleber@ocolunista.com.br