Luciana Gimenez obtém na justiça o direito de não ser citada por Kajuru

O senador, durante entrevista para um canal no YouTube, atacou a apresentadora com adjetivos machistas e afirmou que não fala "sobre mulher de programa"

A apresentadora Luciana Gimenez obteve na Justiça de São Paulo uma liminar com “tutela provisória de urgência”, que proíbe o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) de “se manifestar, comentar ou divulgar” provocações e ataques contra a apresentadora.

Em entrevista ao canal de Antonia Fontenele no YouTube, Kajuru declarou que Luciana Gimenez não merece o respeito dele e acusou a apresentadora de ter dado um golpe no vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger, com quem tem um filho.

“Não falo sobre mulher de programa. Dane-se. Ela já me processou, pode processar de novo. É uma mulher desqualificada, tanto que virou o que virou por 30 segundos com o Mick Jagger. Ou você acha que foi por amor”, disse Kajuru.

Ainda cabe recurso.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).