Maconha reduz a pressão arterial em pessoas mais velhas, aponta estudo

Pesquisa revelou redução significativa nos valores da pressão arterial 24 horas após o uso da cannabis na versão fumada e em óleo

Estudo realizado por pesquisadores da Ben-Gurion University of the Negev (BGU), em Israel, revelou que o uso da maconha, seja fumada ou em líquido, reduz pressão arterial em pessoa com mais de 60 anos que possuem hipertensão.

Dessa maneira, na pesquisa os pacientes foram avaliados por meio de monitoramento ambulatorial da pressão arterial, eletrocardiograma (ECG), exames de sangue e medições corporais durante três meses.

Os resultados revelaram uma redução significativa nos valores da pressão arterial sistólica e dialóstica após 24 horas. O ponto mais baixo ocorreu três horas após o uso da maconha fumada ou por extratos de óleo.

A pesquisa também demonstrou que a redução arterial se deu tanto a noite quanto pelo dia. Mas, as alterações mais significativas aconteceram no período noturno.

Com informações do Sechat e Health Europa.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).