Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

29 de novembro de 2013, 12h05

PSDB de Santos mostra que tucano pode aumentar o IPTU que ninguém reclama

Eu vi santistas espumando de raiva, quando?

Quando o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), aumentou IPTU dos bairros ricos da capital, e apesar de ter diminuído e muito e até chegado à isenção em bairros da periferia.


O tucano Paulo Alexandre Barbosa (à esq.) em evento de campanha com o governador também tucano Geraldo Alckmin.

Agora, quando o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), aumenta o IPTU da cidade em 12%, para todos os bairros da cidade, você vê raros reclamos em pessoas que vivem na Zona Noroeste ou nos Morros, mas grande parte do pessoal que mora nas praias, aqueles que espumaram contra o petista da capital, simplesmente fingem que não aconteceu nada. São os ~apartidários~ que nunca reclamam contra o tucano do litoral, mesmo quando ele tocam no seu bolso. E o gigante que protestava contra o aumento dos impostos, onde está?

Enquanto Haddad (PT) batalha contra a campanha de desinformação da imprensa contra suas medidas, Barbosinha deve estar brindando com champanhe como o apartidarismo do bairro alto lhe permite essa imunidade moral… tim-tim!

Vereadores aprovam reajuste acima da média no IPTU de Santos, SP

Reajuste de 12% foi aprovado nesta terça-feira (26). Em outras cidades o imposto sobe, em média, 5,8%.

Do G1 Santos

O IPTU da cidade de Santos, no litoral de São Paulo, sofrerá um reajuste de 12% no próximo ano. O valor foi aprovado pelos vereadores nesta terça-feira (26).

Em sessão extraordinária, os vereadores decidiram reajustar o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) em 12%, o dobro da inflação esperada para o ano todo. O Secretário de Finanças alegou que a planta genérica do município estava desatualizada desde 2008.

Nas outras cidades da Baixada Santista, o imposto sobe, em média, 5,8%. Apenas Cubatão não definiu o índice de aumento. Peruíbe teve um reajuste simbólico de 0,2%. Já em Itanhaém não haverá o aumento do IPTU para 2014.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum