Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

Entrevista exclusiva com Lula
23 de janeiro de 2014, 16h40

Altamiro Borges: 85 ricaços e 202 milhões sem empregos

85 ricaços e 202 milhões sem empregos

Por Altamiro Borges em seu blog
A ONG britânica Oxfam divulgou nesta segunda-feira (20) um relatório espantoso, revoltante. Ele revela que o patrimônio das 85 pessoas mais ricas do planeta equivale às posses de metade da população mundial. Segundo o documento intitulado “Working for the Few”, publicado na semana do elitizado Fórum Econômico de Davos, esta reduzidíssima minoria de ricaços têm um patrimônio de US$ 1,7 trilhão, o equivalente às posses de 3,5 bilhões de pessoas do planeta. O relatório ainda afirma que a riqueza do 1% dos bilionários está aumentando e já atinge um total de US$ 110 trilhões, 65 vezes a riqueza da metade mais pobre da população mundial.
Segundo a Oxfam, apesar da violenta crise do sistema capitalista, nos últimos anos a riqueza ficou ainda mais concentrada nas mãos de poucos. “Este fenômeno global levou a uma situação na qual 1% das famílias são donas de quase metade (46%) das riquezas do mundo… No último ano, 210 pessoas se tornaram bilionárias, juntando-se ao seleto grupo de 1.426 indivíduos com um valor líquido combinado de US$ 5,4 trilhões… É chocante que no século 21 metade da população do mundo – 3,5 bilhões de pessoas – não tenha mais do que a minúscula elite cujos números podem caber confortavelmente em um ônibus de dois andares”, critica Winnie Byanyima, diretora-executiva da Oxfam.“Sem um esforço concentrado para enfrentar a desigualdade, a cascata de privilégios e de desvantagens vai continuar pelas gerações. Em breve vamos viver em um mundo onde a igualdade de oportunidades é apenas um sonho”, garante Byanyima. Ela festejou apenas o fato de que alguns países, especialmente na América Latina, estão conseguindo reverter esta tendência. “Todos os países de alta renda do G20 (exceto a Coreia do Sul) estão vivendo o crescimento da desigualdade, enquanto o Brasil, México e Argentina estão vendo um declínio destes níveis”. Ela ainda fez questão de elogiar o Brasil, afirmando que o país teve “sucesso significativo na redução da desigualdade desde o início do novo século”.Recorde de desemprego
Na mesma semana em que a Oxfam denunciou o acumulo de riqueza nas mãos de 85 ricaços, a Organização Internacional do Trabalho divulgou um estudo que aponta que 202 milhões de pessoas estão sem emprego no mundo. Os dados se referem a 2013 e indicam um aumento de mais 5 milhões de desempregados no planeta. Pela tendência atual da economia capitalista, a OIT estima que o número de desempregados aumente em mais 13 milhões até 2018. As principais vítimas deste cenário horripilante, ainda segundo o organismo tripartite, são os jovens, com idade entre 15 e 24 anos. Os índices de desemprego nesta camada da sociedade são ainda mais alarmantes, deixando a juventude sem qualquer perspectiva.

A OIT ainda adverte para o aumento do trabalho precário, que hoje representa 48% do emprego total no planeta. Estes assalariados precarizados têm salários menores e pouco acesso à seguridade social. O número de trabalhadores nessa situação aumentou cinco vezes mais do que nos anos precedentes a da crise de 2008. Os dois relatórios – da Oxfam e da OIT – confirmam a lógica destrutiva do capitalismo. Os ricos cada vez mais ricos, e os pobres cada vez mais miseráveis. Eles deverão produzir suspiros de indignação entre os bilionários reunidos no Fórum Econômico de Davos, que logo serão dissipados pelos ventos dos Alpes suíços.

*****

Leia também:

– Entre Davos e Porto Alegre

– Fórum pede asilo para Snowden

– O trilionário negócio das armas

– Davos e Caribe: rotas opostas de Dilma


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum