Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

Entrevista exclusiva com Lula
07 de junho de 2015, 12h32

Bem-vindo ao século XIX: Vereador espanca em plena luz do dia um agricultor

Não sei o que é mais estarrecedor neste vídeo: um vereador que se vê no direito de espancar em via pública, em plena luz do dia, um lavrador;
ou as pessoas que filma dentro do no carro, não acionam a polícia e dizem coisas como “ele só está batendo nele’. Uma senhora mais velha grita para que o agressor pare e ouvimos um homem dizer para ela ficar quieta! Inacreditáveis as inúmeras violências expostas nas cenas e na narração de quem produziu o vídeo.

Vereador Júlio Pequiá é acusado de tentativa de homicídio em Domingos Martins

Notícias Capixaba

06/06/2015

GEDC1495

O vereador Júlio Maria dos Santos (PSB), o Pequiá, é acusado de agredir a golpes de facão um lavrador 49 anos na tarde deste sábado (6), na localidade de Soído de Cima, zona rural de Domingos Martins, na região Serrana do Estado. A vítima Abel Batista de Oliveira, que é vizinho do vereador, teria sofrido cortes no nariz, pescoço e costas, foi socorrido para um hospital da região e passa bem.

agredido

O lavrador e pedreiro Abel Batista de Oliveira, agredido a golpes de facão. Foto Notícias Capixaba

O filho da vítima, o operador de retroescavadeira Thiago Souza de Oliveira, de 23 anos, contou que o pai tinha ido a um bar para conversar com o proprietário, quando viu o vereador em um bar ao lado e decidiu cobrar uma dívida no valor de R$ 500.

“Meu pai é lavrador, mas faz uns serviços como pedreiro. Há mais ou menos um ano ele prestou esse serviço, mas ficou faltando esse valor”, contou o filho.

Sem receber resposta positiva, a vítima foi tentar sair do estabelecimento quando começou a receber os golpes. “Ele puxou papai de cima da moto e começou a bater”, disse Thiago.

O filho ainda contou que o pai teve cortes no nariz e no pescoço. “Se tivesse sido mais embaixo teria matado, porque pegou muito perto da jugular. Meu pai também teve corte nas costas e ficou com várias marcas vermelhas por apanhou de prancha do facão”, contou.

Após as agressões, a vítima teria deixado o local e voltado para casa, familiares acionaram a polícia e o levaram para um hospital da região, onde ele recebeu atendimento e foi liberado.

Em seguida, eles foram levados até a delegacia de Domingos Martins, de onde seguiram para a Delegacia Regional de Plantão de Venda Nova, que atendeu a ocorrência e colheu os depoimentos.

De acordo com o delegado Carlos Henrique Simões, que ouviu os envolvidos, em depoimento o vereador não negou as agressões e disse que o motivo seria uma provocação por parte da vítima. Ele também negou que devia qualquer valor ao lavrador.

O delegado ainda contou que, segundo o parlamentar, os dois envolvidos já possuem um desentendimento antigo. O vereador Pequiá assinou um termo circunstanciado e foi liberado.

Segundo o delegado, o vereador deve responder por crime de lesão corporal.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum