Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

09 de maio de 2010, 22h50

Editora Globo, Huxley e uma bio de Olavo de Carvalho??????

Minha filha começou a ler Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley. Até aí ótimo! É muito bom ler um clássico da literatura e refletir como um romance da década de 1930 pode ser ainda tão interessante e descobrir como certos clássicos podem ser ainda tão contemporâneos.

Folheando a nova edição da Globo de Bolso, buscando descobrir quem traduziu como estava a tradução etc., deparo-me com uma enorme surpresa.

Acompanhem as imagens, porque precisei registrar, para que vocês também possam acreditar no que vi:

Capa da edição Admirável Mundo Novo da Editora Globo, edição de 2009.

Ficha catalográfica/Editora Globo da Obra Admirável Mundo Novo, edição 2009. Atente para a tradução.

E eis a surpresa, alguém pode me dizer que raios essa bio do Olavo de Carvalho- made editora Globo- faz ao fim da bio do Huxley?

Segundo a Editora Globo: “Olavo de Carvalho é um dos mais originais e audaciosos pensadores brasileiros”. Mesmo se fosse, o que não é de longe verdade, o que diabos esta bio, made Globo faz aí??? Será que é patrocínio do Instituto Millenium?

Como consumidora me sinto ludibriada. Olavo de Carvalho não traduziu, não prefaciou, não preparou ficha técnica, enfim que raios faz nesta página juntamente com a bio de Huxley? Aliás Huxley daria voltas no túmulo se soubesse desta companhia.

Alguém tem alguma explicação? Daqui a pouco lendo Machado de Assis, publicado pela Editora Globo, vamos encontrar uma bio de Reinaldo Azevedo? Do Mainardi, do Magnoli? Assim, no meio da bio de grandes escritores como quem não quer nada? Isto não é propaganda subliminar, isso é um empréstimo de 1984 do Orwell, cujo Big Brother  Global reescreve a sua realidade.

Veja também:  Globo faz coro com bolsonaristas e Lava Jato nas críticas à lei sobre abuso de autoridade

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum