Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

22 de novembro de 2015, 15h04

Fica, vai ter jornalismo!

Com a aprovação do Direito de Resposta, mecanismo que existe em todos os países desenvolvidos, o Brasil finalmente sairá da idade do coronelismo eletrônico.

Preparem-se para ver  a Vênus Platinada parar de manipular a notícia ou gastar boa parte do seu tempo com direito de resposta das vítimas de sua manipulação.

Agora, temos direitos e não sofreremos o que as vítimas da Escola Base sofreram por décadas, sem nunca verem a verdade restabelecida.
crime escola base
PS. Se você nunca ouviu falar de Escola Base, relembre o caso e você entenderá porque o direito de resposta não é apenas vital para a democracia, mas pode significar a diferença entre a vida e a morte das pessoas.

Algumas vítimas já morreram e nunca foram indenizadas ou viram a verdade restabelecida.

escola base2

Vejam abaixo como funciona na prática o Direito de Resposta, se ele não existisse William Bonner não teria se desculpado e informado corretamente os telespectadores do Jornal Nacional, que a ~notícia~ dada primeiramente não era notícia, era manipulação e conferia um sentido completamente diferente do que disse a fonte originalmente.

A garantia em lei do direito de resposta fará com que a mídia tenha mais responsabilidade e de fato faça jornalismo e não política partidária contra seus desafetos políticos ou contra movimentos sociais dos quais a mídia monopolizada no Brasil é oposição.

Veja também:  Lula sobre Dallagnol: “Conselho do MP tinha que ter tirado esse moleque”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum