Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

20 de outubro de 2010, 18h29

Micael Silva: Do aborto a fita crepe, a evolução da campanha eleitoral

Mais uma vez o twitter ficou agitado com a temática da campanha. No começo da manhã o malabarismo jornalístico da Folha (aqui e aqui) foi esquecido devido ao incidente com José Serra no Rio de Janeiro.

Na rede social partidários de Serra seguiam o Guia (Serra disse que a agressão é coisa de ‘fascistas’ – como será que ele denomina o tratamento que ele concedeu a professores em greves, policiais civis em greves, USP em greve, vítimas das enchentes em protesto….) e acusavam os militantes petistas de fascistas. A Veja com suas notas sobre o incidente já babava com sua próxima capa acusando o PT, os militantes pagos etc…

Petistas reagiram com piadas e críticas pelo fato de o candidato José Serra ter sido socorrido de helicóptero (não verifiquei) por ter recebido um objeto na cabeça (de rolo de adesivos de campanha, passando por durex até a fita crepe se falou).

Faça uma busca no twitter por ‘agressor’ ou ‘fita crepe’  (não dou muito tempo para ‘fita crepe’ ir parar no TT).

É de lá que trago as imagens e mensagens  a seguir:


Legenda: descoberto o verdadeiro agressor ( por: @detonart)

Legenda: Serra reconhece seu agressor (por: @mlklaser)

Do: @Diosanto HAHAHAHA! RT @micaelsilva “Diz aí militante, o que você vai fazer? / Eu vou jogar uma fita crepe pra me defender!” ♫#ElectionHits

Do:@elgroucho Papelão do Serra é falta cavada!http://bit.ly/cl9ZcP (via @elgroucho)

PS. o título também saiu de um post do twitter.

Tumulto em caminhada de Serra no RJ foi organizado por agentes da saúde
Ao saberem da visita do tucano, agentes improvisaram cartazes para protestar contra o candidato

Por: Luciana Nunes Leal, de O Estado de S.Paulo

20/10/2010

RIO – O agente de saúde José Ribamar de Lima, diretor do Sindicato de Agentes de Combate à Endemias, disse que viu “ontem à noite na internet” a informação de que o candidato do PSDB José Serra faria campanha no calçadão de Campo Grande, zona oeste, e organizou, com outros companheiros uma manifestação para protestar contra a presença do tucano.

Segundo Ribamar, cartazes que chamavam Serra de “presidengue” e “o pior ministro da Saúde” foram improvisados na manhã desta quarta-feira. Segundo o sindicalista, “por coincidência”, os agentes de saúde encontraram com militantes petistas que panfletavam para a candidata Dilma Rousseff. O encontro de cabos eleitorais de Serra com os petistas provocou uma briga generalizada no calçadão e o próprio candidato foi atingido na cabeça. A assessoria de Serra disse que ele foi ferido por uma bandeira, mas o pastor evangélico Paulo César Gomes, que ajudou a fazer um cordão de proteção a Serra, garantiu ter visto que o tucano foi atingido por um rolo de papelão grosso usado para enrolar adesivos de campanha.

“Nós vimos a agenda do Serra na internet. Ele demitiu mais de cinco mil agentes de saúde e é o culpado pelas vítimas da dengue. Nos sentimos na obrigação de denunciar um ministro que diz ser o melhor do País. Mas os cabos eleitorais deles nos receberam com essa violência”, afirmou Ribamar, que continuava no calçadão depois do tumulto, ao lado de alguns colegas que exibiam uma faixa “Serrapresidengue”. Ainda no começo da confusão, Serra considerou que este foi um momento mais tenso da campanha de rua.

Veja também:  Alunos e professores do Cefet-RJ fazem barreira humana em protesto contra interventor bolsonarista

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum