Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
01 de junho de 2013, 13h41

Nota da CUT Nacional repudia violência contra os povos indígenas e presta solidariedade aos indígenas do Brasil

Não esperava outra postura da CUT.

Veja também:

Todo repúdio à violência contra os povos indígenas: Depoimento de Cacique Terena Basílio Jorge

Agronegócio e a não política de reforma agrária mata mais um indígena

CUT repudia violência contra os índios

Solidariedade aos Índios do Brasil

Vagner Freitas, Presidente Nacional da  CUT Nacional

31/05/2013

Foi com profundo pesar que a Central Única dos Trabalhadores recebeu a notícia da morte do índio Terena, Oziel Gabriel, e de dezenas de índios feridos na Fazenda Buriti, na cidade de Sidrolândia, no Mato Grosso do Sul.

A CUT também lamenta a forma como o juiz local encaminhou a “reintegração de posse, orientou a força policial, tanto da Polícia Militar do Estado como da Polícia Federal local”.

Está cada vez mais comum o abuso por parte de representantes do Poder Judiciário contra os movimentos sociais. A Justiça precisa prestigiar o diálogo e entendimento entre as pessoas, as instituições e entre os poderes.

A CUT do Mato Grosso do Sul já emitiu uma Nota Oficial ontem (30/05) e hoje, em nome da CUT Nacional, já entramos em contato com a CUT local, os parlamentares do Estado e também com a Secretaria Geral da Presidência da República.

Formalizaremos também um pedido de audiência com o Ministro da Justiça e com o ministro Gilberto Carvalho para que todas as partes sejam ouvidas e todas as providências sejam tomadas para se apurar os responsáveis pelo assassinato, a violência coletiva e os demais erros cometidos.

A impunidade não pode virar regra no Brasil. A estupidez em nome da lei, não pode sobrepor-se ao diálogo e ao bom senso.

A CUT defende o entendimento e o diálogo como forma de evitar mais mortes e mais violências. Agressões e mortes não ajudam a Democracia e o Brasil.

A CUT, como representante de trabalhadores do campo e das cidades, reivindica participar das audiências e das negociações pela superação dos impasses no campo e nos locais de trabalho nas cidades.

O Brasil precisa de Paz, progresso e respeito às regras democráticas.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum