Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de fevereiro de 2012, 22h04

Rodas, de novo, bota a tropa de choque contra estudantes em pleno Carnaval

Por: DJdeOliveira

19/02/2012

Na madrugada desse domingo de carnaval, 19/02/2012, mais uma vez, as forças militares (Tropa de Choque e Força Tática) invadiram o Conjunto Residencial dos Alunos da USP – Crusp. Desta vez, o corpo de quase 150 homens, desalojou os moradores da “Moradia Retomada”, espaço de resistência que, há quase 2 anos, se instalara no térreo do bloco G do, reivindicando mais vagas para a moradia estudantil. Hoje, tais vagas são insuficientes para atender à grande demanda de alunos sem condições de se manter na capital para dar seguimento a seus estudos. Covardemente, nessa madrugada de carnaval, esses homens fortemente armados cercaram a Moradia Retomada, impedindo até mesmo os moradores do bloco G de entrarem ou saírem de seus apartamentos e bloquearam a passagem para os moradores dos outros blocos, que desciam em solidariedade aos ocupantes do espaço. A operação prendeu 12 alunos, mais um cachorrinho, dentre eles, uma estudante grávida, que, depois de ter sido agredida pelos policiais, foi colocada no ônibus/camburão, sem nenhum auxílio médico. Essa é mais uma demonstração da política da gestão do Reitor João Grandino Rodas, que utiliza a força policial para por em prática seu plano privativista e elitista de universidade na Universidade de São Paulo. Respaldado pelo governo do PSDB, o mesmo que vem fazendo intervenções semelhantes em lugares como Pinheirinho e Cracolândia, Rodas substituiu suas assistentes sociais por homens armados do Choque.

Não deixa de ler:
Luiz Martins: “Descalabro total, perversão do que é instituição pública de ensino”

O vídeo foi sugerido por Juliana Mendes via Facebook
_________
Publicidade
//
//


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum