segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Tatto defende CPI da Privataria e cobra explicações de FHC sobre lista de Furnas

Tatto defende CPI da Privataria e cobra explicações de FHC sobre lista de Furnas

Do Site do PT na Câmara

12/12/2012
Como o PT nunca dá continuidade ao que fala durante as crises em que é atacado e posto no olho do furacão, eu sempre tendo a ler como bravatas afirmações como estas: incluiremos Gurgel e Policarpo no relatório da CPI do Cachoeira, faremos CPI da Privataria, apresentaremos um projeto de Marco Regulatório das Comunicações…

jilmartattoD

O líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto (SP), conseguiu aprovar hoje (12), na Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência, requerimento em que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é convidado a dar explicações sobre a chamada “Lista de Furnas”, esquema criado por tucanos em Minas Gerais para financiar campanhas políticas com “caixa dois” às custas da empresa estatal.

“O depoimento de FHC é fundamental, já que ele tem expertise na área e deve explicar como se deu o envolvimento dele e de seus auxiliares com o esquema”, disse o líder. A justificativa envolve o esclarecimento de “informações contraditórias sobre documento relativo a doações a agentes políticos que teriam sido levadas a efeito por Furnas”.

Na mesma sessão da comissão foi aprovado convite para que o Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, também preste depoimento. O requerimento a respeito de Gurgel é de autoria do presidente do colegiado, senador Fernando Collor (PTB-AL). O objetivo é obter de Gurgel explicações sobre como se dá a relação entre o MPF e os órgãos de inteligência do Estado.

O líder Jilmar Tatto também defendeu hoje a instalação imediata da CPI da Privataria, cujas assinaturas já foram coletadas pelo deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP). O líder vai tratar deste tema hoje, com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), de quem depende a decisão de instalar a CPI.

O pedido de abertura da CPI baseia-se no livro “A Privataria Tucana”, do jornalista Amaury Ribeiro Jr. A obra, resultado de 12 anos de investigação sobre o processo de privatizações das empresas estatais no Brasil, destaca documentos que apresentam indícios e evidências de irregularidades nas privatizações que ocorreram durante a administração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, além de amigos e parentes de seu companheiro de partido, José Serra.

Os documentos procuram demonstrar que estes políticos e pessoas ligadas a eles realizaram, entre 1993 e 2003,movimentos de milhões de dólares, lavagem de dinheiro através de offshores – empresas de fachada que operam em Paraísos Fiscais – no Caribe.

Leia também:

Diga lá, amigo. Além de odiar o Lula, o que mais você faz na vida?

O PIG nunca tirou Lula do banco dos réus e se pudesse o enjaularia

Às 14:30, horário de Brasília, discurso ao vivo de Lula em Paris

João Paulo Cunha: ‘Não basta condenar, mandar ao ostracismo, ao limbo, é quase uma pena de morte’

Stella Calloni: “Desinformação é a arma de guerra do Pentágono”

Leia também:

Um vídeo didático que explica a Privataria tucana

Especial Privataria Tucana

Recordando: Serra e a privataria tucana em cordel

Estudantes fazem panfletagem do jornal sobre a privataria tucana na USP

Privataria Tucana é finalista do Prêmio Jabuti

Movimentos sociais convocam panfletagem contra a privataria tucana e seu maestro: José Serra

Autografa, Serra!

Movimentos Sociais contra a Privataria Tucana

Amaury Ribeiro Jr no I Encontro de Blogueiros Progressistas da Grande Natal

Joana Gouvea: Acabei de ler A Privataria Tucana, descobri que eram apenas ladrões. Corsários. Piratas. Meliantes.

Cordel da Privataria tucana: “O relato jornalístico Destrói logo a ficção De que político tucano É homem de correção”

Valor Econômico sobre Privataria Tucana: Livro ameaça reabrir CPI inconclusa

Leandro Fortes: O conteúdo de Privataria Tucana é devastador, sobretudo para o ex-governador José Serra

Privataria Tucana: é de arrepiar os cabelos, arregalar os olhos!

Feliz Natal, Serra!

Privataria Tucana: em 11 dias 120 mil exemplares e 1 milhão e 300 mil menções no Google

Barão de Itararé promove o debate “A Privataria Tucana e o Silêncio da Mídia”

Ficção: a crítica interna da Falha à materia de hoje sobre o livro do Amaury Ribeiro Jr.

Até quando o PIG-mor (Globo, Folha, Estadão, Veja) ignorarão Privataria Tucana? A Band deu

TVT entrevista Amaury Ribeiro Jr., autor “Privataria Tucana”

O tucano Floriano Pesaro: Veja é jornalismo, Carta Capital é lixo

Por que verbete “Privataria Tucana” está em discussão pra ser eliminado da Wikipedia?

___________________
Publicidade
//
//

Maria Frô
Maria Frô
Historiadora, pedagoga, educadora, formadora, blogueira, autora de coleções didáticas e séries para a televisão.