Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

Entrevista exclusiva com Lula
30 de outubro de 2012, 14h20

Velha Mídia e seus prejulgamentos pondo em risco à democracia: juízes sob ataques ao votar; CQC se vitimizando….

Não bastassem as cenas de turba fascista contra José Dirceu e Genoino no Primeiro e Segundo Turno, porque você pode odiá-los o quanto quiser mas não pode impedi-los de votar (no Brasil  se você não está preso e é cidadão deste país você tem direito de votar, este direito não lhe pode ser cerceado em uma democracia) agora de vítimas eles passam a algozes. Ontem CQC fez a festa, afirmando que Oscar Filho fora agredido pelos militantes que acompanhavam Genoino. Tenho dúvidas se isso de fato ocorreu, ao menos o vídeo que circulava na rede tinha empurra empurra, mas nenhum tapa como afirmavam os detratores de Genoino.

Como eu conheço bem o CQC, já estive em vários eventos que eles aprontaram, sempre desconfio de suas ‘denúncias’. Em 27 de setembro estava no espaço da imprensa cobrindo o encontro do Haddad, Lula e alunos do Prouni, quando um produtor do CQC (foto) entrou sem permissão no palco e bastidores e quando o segurança percebeu ele foi retirado. Havia um espaço reservado para imprensa, a lateral direita do palco onde estava quando fotografei o produtor do CQC, por não ter privilégios que possivelmente ele consiga nos eventos chinfrins que CQC frequenta para debochar, o produtor (foto) passou a destratar o segurança. Disse inúmeros impropérios, palavrões sem que o segurança tenha reagido um único segundo.

Ao ver tanta falta de educação, interpelei, perguntando quem era ele (até então nem sabia que o mal educado era produtor do CQC) e justiça seja feita, o apresentador que estava com o microfone do CQC e o câmera não foram agressivos e respeitaram as regras.

Veja a cara dele quando resolvi fotografá-lo:

O grosseiro do CQC, que xingou o segurança, está bravo porque eu o fotografei. Gozado, CQC adora expor a pessoas ao ridículo, pimenta nos olhos dos outros…. (Como registrei no dia em que subi a foto no Facebook pelo Istagram)

Ele também me destratou. Nunca me viu, não sabe quem eu sou, mas tinha um rosário de adjetivos para tentar me desqualificar: ‘mensaleira’, ‘governista’, sem ética!!!! Isso porque eu o havia interpelado por tanta falta de educação. Calmamente eu disse que tornaria público o seu desrespeito e nem me dei ao trabalho de perguntar a ele se eu era tão poderosa assim, o que eu estava fazendo no chiqueirinho da imprensa junto a ele e não com acesso livre ao palco pra poder fazer minhas imagens.

Ora, se Oscar Filho foi agredido por militantes petistas que preste queixa na polícia. Fez boletim de ocorrência? O Segurança agredido verbalmente pelo produtor do CQC deveria ter prestado queixas, comigo com a câmara na mão o sujeito desfiou seu rosário de bobagens e seu olhar de raiva quando foi flagrado.

Quando no domingo vi uma matéria da Folha toda indignada que Lewandowski havia proibido que eles entrassem na sala de votação, fiz um comentário no twitter, se a gente estava vivendo tempos de fascismo, onde a turba faz linchamentos públicos impunemente. Hoje leio a matéria que transcrevo abaixo. E continuo achando um absurdo que direitos fundamentais como o de votar em uma democracia não sejam minimamente garantidos porque aqui a imprensa pode fazer o que ela bem quer sem ser punida.

Em carta, mesário se desculpa com Lewandowski

Por Redação, com RBA – de São Paulo, Correio do Brasil

30/10/2012 12:25

O mesário que teria ofendido o ministro do STF Ricardo Lewandowski no domingo, durante a votação de segundo turno em São Paulo, escreveu uma carta pedindo desculpas ao juiz e afirmando que foi “manipulado pelos repórteres que ali estavam” para se comportar dessa maneira.

O ministro Ricardo Lewandowski divulgou trechos da carta do mesário Segundo noticiaram alguns sites no domingo, informação reproduzida em outras mídias, o mesário teria chamado o ministro de “Liberandowski” e perguntado se ele já tinha “dado um abraço” no ex-ministro José Dirceu.

No julgamento da Ação Penal 470, conhecida por mensalão, Lewandowski inocentou Dirceu de todas as acusações, por falta de provas.

Trechos da carta do mesário foram divulgadas na segunda-feira pelo gabinete do juiz e publicados pela jornalista Mônica Bérgamo no jornal Folha de S.Paulo na edição desta terça-feira. O nome do rapaz foi mantido em sigilo por Lewandowski, que afirmou apenas tratar-se de um publicitário.

Diz a carta: – Venho por meio desta carta pedir perdão pelo meu comportamento no dia de 28/10/2012, segundo turno das eleições para prefeito da cidade de São Paulo. Estou profundamente arrependido de ter ofendido, sei que o senhor está muito bravo tanto pelo ocorrido como também pela repercussão que tal episódio gerou. (…) Fui manipulado pelos repórteres que ali estavam a comentar algo, e de ato não pensado, infelizmente, acabei soltando o que não devia.

Mais adiante, ele elogia o ministro. – Sou profundo admirador do seu trabalho, reconheço que as pessoas que ali estavam, estavam de toda forma erradas, e que eu, principalmente, fugi de minha razão quando faltei com o devido respeito, mesmo que manipulado de certa forma, eu agi da pior maneira, sem querer, insultando não somente um cidadão de bem, mas também um ministro do Superior Tribunal Federal.

Apesar de reconhecer as ofensas e se desculpar, o mesário nega que tenha usado a expressão “Liberandowski”. Ele esclareceu. “Gostaria de esclarecer que não gerei nenhum apelido para o senhor como é mencionado em um site, e isto o senhor presenciou. Eu apenas deixei que a má influência dos jornalistas causasse sobre mim a ação que gerou tal fato. Tal frase nunca sairia de minha pessoa, se fosse de fato pensado por mim”.

_______________
Publicidade
//
//


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum