Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

#Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de setembro de 2018, 20h37

Vitória de Alexandre Padilha: Felipe Moura e Veja são obrigados a tirar fake news do ar

A Justiça acaba de conceder uma liminar em favor de Alexandre Padilha e Thassia Alves determinando que Veja retire do ar a fake news publicada em 2015.

De acordo com a decisão, a revista Veja tem 24 horas para cumprir a liminar, sob pena de multa de 10 mil reais por dia. E a revista de fofocas Veja piscou. A fake news de Felipe Moura já foi retirada do ar como mostra a imagem que acabo de printar:

Leia trecho da decisão

In casu, o teor da matéria impugnada transmite a informação de que, embora o Representado tenha escolhido hospital do SUS para o parto de sua filha, não utilizou de seus médicos, afirmando que o Representante dispensou os médicos da Maternidade Vila Nova Cachoeirinha e chamou médicos de sua confiança, do Hospital das Clínicas para substituí-los, asseverando que até o diretor do Hospital participou do parto conforme trecho: “Entre os primeiros, o próprio diretor do hospital que raramente vai à linha de frente. E os outros cinco eram todos do Hospital das Clínicas, da USP, em força-tarefa especial para o parto.
Isso mesmo: o petista chamou os médicos de sua confiança para fazer o que tinha de ser feito dentro de um hospital público, cuja equipe de plantonistas e residentes foi dispensada.
A recém-nascida foi levada à UTI Neonatal, onde os plantonistas também tiveram de ceder lugar a uma médica do Hospital das Clínicas, profissional do Instituto da Criança da USP ”, bem como o próprio teor da manchete “FARSA – PADILHA TURBINA SUS PARA PARTO DA FILHA. PETISTA DISPENSOU PLANTONISTAS E CHAMOU MÉDICOS DE SUA CONFIANÇA”.
Entretanto,conforme comprova a decisão judicial proferida nos autos nº 1000017-93.2017.8.26.0011, que instrui a inicial, o fato central da notícia, que o representante não usou dos médicos do hospital do SUS, não corresponde a verdade, como denotam os seguintes trechos do mencionado decisório: ”a prova produzida nos autos indica que não foram afastados médicos do hospital em questão, e que todos aqueles que atuaram na cirurgia da esposa e nos cuidados da esposa e filha do autor eram, de fato da equipe do hospital Municipal Vila Nova Cachoeirinha.”, “

“Observo que as testemunhas do autor são médicas que há muitos anos trabalham no hospital em questão, e atuaram no parto e atendimento da esposa do autor e sua filha. Todas, de forma segura e coerente, sustentaram a versão do autor, ou seja, de que foi atendido pela equipe médica do hospital”, “Assim considerando que esse é o ponto central da matéria, junto reconhecer que a mesma veiculou
fato falso, capaz de denigrir a imagem do autor.” e “Entendo, desta forma, que houve uma falha na conduta dos réus, que não checaram devidamente suas informações, divulgando notícia falsa, capaz de denigrir a imagem do autor.”

Verifica-se, assim, em juízo de cognição sumária, que a reportagem impugnada divulga fato sabidamente inverídico (fake news), porquanto se trata de notícia falsa revestida de artifícios que lhe confere  aparência de verdade, de modo a justificar a concessão da liminar.

Assim, pelo exposto, DEFIRO O PEDIDO LIMINAR para determinar que os Representados removam, em até 24 (vinte e quatro) horas, o conteúdo impugnado constante na seguinte URL:
https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/farsa-padilha-turbina-sus-para-parto-da-filha-petista-dispensou
Assinado eletronicamente.

Atualização:

Felipe Moura/Veja atualizaram o texto fake news em 2017 e o link com a matéria falaciosa continua no ar aqui:

FARSA: Padilha turbina SUS para parto da filha! Petista dispensou plantonistas e chamou médicos de sua confiança

Se amanhã o link continuar no ar, de acordo com a decisão judicial multa diária de 10 mil reais por dia.

Leia também:

Veja a Liminar na íntegra

Alexandre Padilha e Thassia Alves vencem a mentira e Veja é condenada por fake news de 2015

Faltou ética jornalística e sobraram boatos sobre o nascimento da filha de Alexandre Padilha

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum