09/09/09 Continuação

Muitas bandas da mesma época dos Beatles ja tinham seus catálogos remasterizados, como por exemplo o Pink Floyd. Era mais que justo para os fãs da mais famosa banda da história do rock, poder conferir os clássicos com a nova qualidade digital dos dias de hoje.Uma das razões para essa demora talvez tenha sido as […]


Muitas bandas da mesma época dos Beatles ja tinham seus catálogos remasterizados, como por exemplo o Pink Floyd. Era mais que justo para os fãs da mais famosa banda da história do rock, poder conferir os clássicos com a nova qualidade digital dos dias de hoje.
Uma das razões para essa demora talvez tenha sido as várias brigas judiciais entre a Apple dos Beatles e a Apple de Steve Jobs, e as confusões sobre os direitos autorais envolvendo Michael Jackson, etc. Mas mesmo com os direitos pertencendo à Sony e as musicas fora do ITunes, a partit do dia 09/09/09 poderemos ouvir todas as músicas dos Beatles como nunca antes, coisa que só podiamos com a coletânea feita para o espetáculo do Cirque Du Solei(LOVE).
Além do catálogo remasterizado em estéreo, também será lançado um box especial com as músicas em mono, para os fãs mais conservadores. Isso tudo juntamente com a estréia do jogo Beatles Rock Band, também marcada para dia 09.
Para os que sonham mais alto, ainda há a possibilidade de, nesse ano, saírem músicas inéditas como Now and Then, e Carnival of Light. Inclusive Dhani Harrison, filho de George, deu a entender que haveria material novo no jogo que está para chegar.
É aguardar para conferir.

Avatar de Cesar Castanha

Cesar Castanha

Do encanto com os créditos de abertura de "Alice no País das Maravilhas", visto religiosamente sempre que exibido nas tardes de sábado pelo SBT, veio a paixão pelo cinema como experiência estética, transformadora e expressão de uma ideia, uma história ou do próprio experimento. Por amar o cinema para além dos padrões de qualidade impostos a ele pela mídia, por outras instituições e até por uma crítica datada, veio o meu amor por conversar sobre cinema, aderi-lo, defendê-lo, apropriar-me dele. O Milos Morpha é uma conversa sobre cinema. Aqui, o texto nunca é certo e definitivo. O cinema não é uma fórmula para que cada cineasta se aproxime da solução mais correta, é um conjunto de experiências artísticas que já dura mais de 100 anos, é dessa forma que criticamente percebemos e experimentamos o cinema no Milos Morpha.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR