Milos Morpha

por Cesar Castanha

10 de abril de 2009, 22h44

Drácula de Bram Stoker


É bem verdade que histórias de vampiro têm recebido tratamento especial desde Nosferatu, ainda no cinema mudo. Mas de todos os filmes feitos poucos deram certo, bizarrices constantes e mudanças na lenda original são permitidas, desde que se mantenha o tom sombrio com o qual Stoker deu vida a Drácula.
De todas as histórias vampirescas, só três se salvam, os maravilhosos contos de Anne Rice, a série True Blood, e a espetacular adaptação de Francis Ford Coppola. (E só, então me desculpem as fãs do pó de arroz Edward, mas Crepúsculo é horrível)
No fim do século XIX um advogado (Keanu Reeves, sempre constrangedor) é mandado para a Transylvania com a finalidade de trabalhar para o Conde Drácula (Gary Oldman, melhor atuação de sua carreira), a partir daí começa uma sucessão de coisas estranhas dentro e fora do castelo de Drácula. A noiva do advogado Mina (Winona Ryder) termina se deixando apaixonar pelo próprio Drácula, o mesmo transforma a amiga dela em vampira.
No resultado o filme é tão bom que a atuação super-hiper-constrangedora de Reeves nem põe peso negativo.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags