Dude, we are lost!

Estou completamente atrasado em relação a LOST nos EUA. A necessidade de dar uma pequena olhada aumenta, mas por alguns motivos (entre eles preguiça de baixar) eu continuo encalhado no episódio 5.07. Vou começar logo a falar minhas impressões sobre essa temporada até onde vi! # Michael Emerson, antes tão bom ator, agora não passa […]


Estou completamente atrasado em relação a LOST nos EUA. A necessidade de dar uma pequena olhada aumenta, mas por alguns motivos (entre eles preguiça de baixar) eu continuo encalhado no episódio 5.07. Vou começar logo a falar minhas impressões sobre essa temporada até onde vi!

# Michael Emerson, antes tão bom ator, agora não passa da mesmice cara de psicopata mistérioso, isso não é atuar. E o Ben da série bem que podia morrer, a ilha já mostrou que ele não era importante.

# Sayid Jarrah continua mostrando aos roteiristas o grande erro que é escolher Jack como líder do grupo.

#Jack, nessa temporada não passa de um pau mandado de Ben. Podia morrer, não ia fazer nenhuma diferença.

# Agora as viagens no tempo não são um problema. Mas como já disse Cláudia Croitor em seu blog, LOST tem que tomar muito cuidado pra não virar Heroes, porque se isso acontecer… já sabe né?

Até agora essa temporada se impõe como a melhor, poderia listar milhares de coisas que gostei também mas não queria ficar soltando spoilers….

Avatar de Cesar Castanha

Cesar Castanha

Do encanto com os créditos de abertura de "Alice no País das Maravilhas", visto religiosamente sempre que exibido nas tardes de sábado pelo SBT, veio a paixão pelo cinema como experiência estética, transformadora e expressão de uma ideia, uma história ou do próprio experimento. Por amar o cinema para além dos padrões de qualidade impostos a ele pela mídia, por outras instituições e até por uma crítica datada, veio o meu amor por conversar sobre cinema, aderi-lo, defendê-lo, apropriar-me dele. O Milos Morpha é uma conversa sobre cinema. Aqui, o texto nunca é certo e definitivo. O cinema não é uma fórmula para que cada cineasta se aproxime da solução mais correta, é um conjunto de experiências artísticas que já dura mais de 100 anos, é dessa forma que criticamente percebemos e experimentamos o cinema no Milos Morpha.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR