quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Rotten Tomatoes: Brüno


O filme Brüno, de Larry Charles e estrelado por Sacha Baron Cohen, está (até o momento desse post) com 69% no Rotten Tomatoes, que é um site medidor de críticas. Esse índice é ainda considerado um pouco baixo ainda mais considerando que seu antecessor, Borat, obteve um exito de 91%. Confira abaixo trechos de algumas críticas.

“Ainda pior do que eu pensava que seria” Jackie K. Cooper

“Essa película é sobre Cohen gofando sobre quem ele se acha superior” Dennis Schwartz

“Borat é acompanhado de uma história, Brüno parece mais um programa de auditório, um muito engraçado e recomentado para maior de 18 anos programa de auditório” Jeff Bayer

“Vazio e relativamente odiável filme, isso de alguém que amou Borat” Jimmy O

“Filme para garotos na puberdade ou para adultos que não passaram dela” Anthony Lane (New Yorker)

“Há muitos momentos nesse filme que são genuinamente engraçados” Ben Lyons

“Um mix de um humor social e chocante” Randy Shulman

“É verdade que a momentos engraçados no filme, mas no geral, Brüno é insultante e bastante cruel” Ben Mankiewicz

Cesar Castanha
Cesar Castanha
Do encanto com os créditos de abertura de "Alice no País das Maravilhas", visto religiosamente sempre que exibido nas tardes de sábado pelo SBT, veio a paixão pelo cinema como experiência estética, transformadora e expressão de uma ideia, uma história ou do próprio experimento. Por amar o cinema para além dos padrões de qualidade impostos a ele pela mídia, por outras instituições e até por uma crítica datada, veio o meu amor por conversar sobre cinema, aderi-lo, defendê-lo, apropriar-me dele. O Milos Morpha é uma conversa sobre cinema. Aqui, o texto nunca é certo e definitivo. O cinema não é uma fórmula para que cada cineasta se aproxime da solução mais correta, é um conjunto de experiências artísticas que já dura mais de 100 anos, é dessa forma que criticamente percebemos e experimentamos o cinema no Milos Morpha.