quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

State of Play

Dirigido por Kevin Macdonald (devo confessar que não vi nenhum de seus filme, incluindo o super aclamado “O Último Rei da Escócia”).
O filme estréia por aqui dia 24 desse mês.
Não é um filme que foi feito pra ser ansiado (tanto que está sendo lançado no início do ano), mas junte os fatos: Russel Crowe + Helen Mirren juntos em um Thriller!!
O.k., os slogans são péssimos, tipo:
“Nothing Is Off The Record”
“Find The Truth”
Ler isso faz você pensar que se trata de Arquivo X 3.
Mas tudo tem seu risco, o risco desse filme é passar 2 horas vendo Russel Crowe levando um filme nas costas.
Ben Affleck é talvez um dos piores atores de Hollywood.
Já a Helen Mirren… pois é, ela é ótima, mas… suas recentes escolhas falam contra ela. Vide a Lenda do Tesouro Perdido 2!
E sabe o que deixa ainda mais desanimado? sabe quem seria a dupla principal? Edward Norton e Brad Pitt! Acho que se não deu certo foi porque o filme não é suficientemente bom para servir de reencontro para dupla de Clube da Luta.

E aqui está o Trailer.

Cesar Castanha
Cesar Castanha
Do encanto com os créditos de abertura de "Alice no País das Maravilhas", visto religiosamente sempre que exibido nas tardes de sábado pelo SBT, veio a paixão pelo cinema como experiência estética, transformadora e expressão de uma ideia, uma história ou do próprio experimento. Por amar o cinema para além dos padrões de qualidade impostos a ele pela mídia, por outras instituições e até por uma crítica datada, veio o meu amor por conversar sobre cinema, aderi-lo, defendê-lo, apropriar-me dele. O Milos Morpha é uma conversa sobre cinema. Aqui, o texto nunca é certo e definitivo. O cinema não é uma fórmula para que cada cineasta se aproxime da solução mais correta, é um conjunto de experiências artísticas que já dura mais de 100 anos, é dessa forma que criticamente percebemos e experimentamos o cinema no Milos Morpha.