Mitolândia: Alexandre Pires, Leonardo e Luiza Possi participam de aglomeração sem máscara em casa de produtor

Segundo o organizador da festa, todos realizaram teste de Covid antes da festa; aglomeração aconteceu dias depois do Brasil atingir a marca de 500 mil mortos por Covid

Com a hashtag #mitolandia, o produtor Laercio da Costa divulgou em suas redes uma foto onde uma série de artistas aparecem abraçados e sem máscaras.

O produtor afirma que todos os participantes fizeram teste de covid antes da festa e que “alguns” participantes estão “totalmente imunizados”.

O vídeo que mostra a festa foi divulgado pelo perfil @BCovidfest no Twitter.

Mesmo com a vacina em curso no Brasil, ainda é obrigatório o uso de máscara e as aglomerações continuam proibidas.

Além disso, o encontro foi realizado alguns dias depois de o Brasil ter atingido a trágica marca de 500 mil mortes por Covid. Na foto todos aparecem sorrindo, será que a #mitolandia estava comemorando mais esse recorde do governo do mito?

Em sentido contrário, uma série de artistas foram às redes lamentar as 500 mil mortes por Covid e defender o impeachment do presidente Bolsonaro.

Notícias relacionadas

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR