o colunista

por Cleber Lourenço

O que o brasileiro pensa?
29 de janeiro de 2020, 15h13

Ao Antagonista: Quem é contra Moro no STF?

Com a mesma simplicidade de quem diz “hoje é quarta-feira”, Moro ordenou prisões, perseguiu pessoas e promoveu linchamentos na vida de muitos brasileiros

Sérgio Moro (Foto: Lula Marques)

Hoje decidi mudar, não publicarei uma análise, mas sim um editorial.

Mas não só um editorial, mas também uma resposta ao simplismo e talvez até mesmo deficiência ou desonestidade argumentativa do site de extrema-direita direita, O Antagonista.

Normalmente tento não dar atenção para portais jornalisticamente desonestos, mas acontece que o site fez uma pergunta impossível de ser recusada: Quem é contra Moro no STF?

Então vamos direto aos fatos:

Bolsonaro é incapaz de qualquer ação mais completa e trabalhada de controle social e contenção de massas. Já deixou claro isso, seu tom jocoso para argumentar e suas “brincadeiras” feitas de forma pueril matinalmente na porta do Palácio da Alvorada mostram isso.

Bolsonaro é aquilo ali e disso não passará. Não é por menos que agora é feito de gato e sapato pelo seu próprio ministro da justiça.

Moro ao longo de seus anos na vida pública acumulou uma série de demonstrações de desrespeito e desprezo aos seus inimigos declarados: Estado democrático de direito, o devido processo legal e a democracia.

Com a mesma simplicidade de quem diz “hoje é quarta-feira”, Moro ordenou prisões, perseguiu pessoas e promoveu linchamentos na vida de muitos brasileiros.

Ano passado eu já havia tratado do assunto (você pode conferir clicando aqui), mas com a campanha escancarada de Moro ao Planalto e com a desfaçatez de ir para cima de seu próprio chefe, acredito ser necessário reforçar algumas coisas.

Embora a imprensa tenha vendido o ministro como uma das vozes da moderação dentro do governo de extrema-direita, agora ele se tornou o bastião do extremismo, trazendo para o seu lado as hordas que antes eram defensoras de Jair Bolsonaro. Precisamos de um extremista no STF?

Tudo isso sob a batuta da sua esposa, a quem podemos chamar de uma versão brasileira do político americano Dick Cheney, está lá, atrás das cortinas e puxando as cordas.

Moro não respeita a imprensa, não respeita o sigilo de fonte da nossa Constituição. Pelo visto Moro acredita que fazer jornalismo é informar que Caetano estacionou no Leblon.

É necessário lembrar de quando o ministro ameaçou avançar contra a liberdade de imprensa com aquela escabrosa portaria?

Moro é o homem que foi de maneira veemente contra a delação de Eduardo Cunha. E até hoje não atendemos o motivo disto.

A verdade é que Moro não sabe jogar dentro dos moldes constitucionais, deixou bem claro isso ao fazer a defesa desenfreada do excludente de ilicitude, na prisão em segunda instância com o pavoroso pacote anticrime e em toda sua passagem como juiz da lava jato.

Moro não possui qualquer comprometimento com a ordem social no país, afinal de contas o que ele buscava ao defender o excludente de ilicitude onde as forças de segurança de um estado chegam a matar mais que até mesmo organizações criminosas como o PCC?!

É irresponsável! Irresponsável, sádico e inconstitucional!

O ex-juiz certamente ainda é assombrado pelos descalabros promovidos na operação agro-fantasma e no caso Banestado.

No caso da operação agro-fantasma a coisa toda é ainda muito mais grave! Além da prisão injusta de onze pessoas, Moro ainda conseguiu prejudicar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) com Doação, desenvolvido pela Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB.

Em uma das ações da operação homens fortemente armados cercaram a pequena casa. Além da prisão, havia um mandado de busca e apreensão de um carro no valor de 80 mil reais e de um iate, que segundo o processo seriam de um pequeno produtor rural que dividia o comodato com o pai.

Então eu lhe pergunto: o que alguém que não respeita a constituição fará em uma corte estritamente constitucional?

O que fará lá um homem que durante um programa de rádio em um misto de frustração com “brincadeira” faz chacota com algo tão grave quanto prender jornalistas?

O supremo Tribunal Federal não precisa de mais um Roberto Barroso.

Moro em qualquer país sério estaria sendo no mínimo processado ou então já na cadeia pelas divulgações de grampos ilegais envolvendo o presidente do país!

Neste momento farei coro aos liberais idolatras dos EUA: “lá nos Estados Unidos isso não aconteceria!”.

A coisa toda fica ainda pior quando lembramos que Moro trabalhou de forma estridente para prender o ex-presidente Lula que nas eleições de 2018 era o primeiro colocado nas pesquisas.

Após a sua prisão o segundo colocado, Jair Bolsonaro, assumiu a liderança e por fim acabou ganhando o processo eleitoral.

Algumas semanas depois do “serviço entregue” Moro abandonou a magistratura e ingressou no governo daquele que foi o principal beneficiado por sua decisão.

Onde isso seria permitido em um país sério e comprometido com a democracia?!

Agora este mesmo homem de forma vil está decidido à atacar o presidente e traí-lo. Tudo em prol de seu próprio projeto de poder guiado pelo Partido Lavajatista.

Já venho alertando isso há dias aqui no blog, se Bolsonaro e seus seguidores não perceberem isso, em breve será tarde demais.

Eu lhe pergunto, é esse homem que vocês querem como ministro do STF?

É este homem que entre um histórico de prisões arbitrárias e descalabros contra o Estado de direito deverá defender a constituição?

Eu tenho medo do que esse país poderá se tornar com Moro seja no Planalto, seja no STF.

A história não nos apresenta um bom histórico sobre homens de ares messiânicos em posições de poder.

Não deu certo na Espanha, não deu certo em Portugal, não deu certo na Itália e tão pouco na Alemanha.

Haverá quem justifique, quem patrocine isso é quem ficará ao lado deste horror. Estranhamente é principalmente jornalistas. Eu tenho um compromisso com este país, com a democracia e por isso não irei concordar com este homem em qualquer cargo no poder público. Para o bem do Brasil.

Moro é o verdadeiro perigo da democracia neste país.

Me acompanhe no Twitter e Instagram e mantenha-se atualizado

Este artigo não reflete necessariamente a opinião da Fórum

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum