o colunista

por Cleber Lourenço

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de janeiro de 2020, 14h47

Pelas mãos do MPF, Moro e Bolsonaro querem criminalizar o jornalismo

O MPF na figura do procurador Wellington Oliveira está claramente criminalizando o jornalismo e o exercício da profissão como um todo

Bolsonaro com Moro e o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept (Montagem)

Atenção aos fatos, o que direi a seguir ocorre um dia após a infame presença (ou ausência) do ministro Sérgio Moro no programa Roda Viva.

O mesmo Procurador da República que denunciou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) por suposta calúnia, pedindo inclusive seu afastamento, agora denuncia o jornalista Glenn Greenwald, mesmo este não sendo investigado na operação spoofing.

O procurador entendeu que o jornalista fundador do site The Intercept Brasil orientou o grupo de hackers a apagar mensagens, resumindo: Glenn está sendo denunciado por orientar os informantes a garantir o sigilo de fonte.

Uma afronta direta aos princípios jornalísticos e de liberdade de expressão. O que infelizmente não é nenhuma novidade tendo em vista a forma grosseira e hostil que o presidente da República Jair Bolsonaro trata os jornalistas que trabalhem sem viés ideológico.

O Ministério Público inclusive usa para embasar a denúncia, um áudio que a Polícia Federal já havia descartado como prova.

Vale lembrar também que a denúncia vem um dia após o portal The Intercept mostrar as relações promiscuas entre os poderes público e privado por meio do site O Antagonista e Deltan Dallagnol que buscavam interferir diretamente na política brasileira.

O MPF, na figura do procurador Wellington Oliveira, está claramente criminalizando o jornalismo e o exercício da profissão como um todo.

E o pior que ainda muitos supostos jornalistas irão aplaudir a o episódio. Assim como o gado que euforicamente pede autógrafos de um açougueiro.

Jornalismo não é crime, mas querem que seja.

Esse artigo não representa necessariamente a opinião da revista Fórum

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum