quarta-feira, 30 set 2020
Publicidade

Canal de games no YouTube que produz conteúdo racista, misógino e transfóbico é denunciado

Piadinhas com Hitler, com “não gostar de preto”, dizer que uma mulher decidiu “virar homem” e merecia uns tapas na cara, simulação de violência contra mulher, apologia ao estupro, linguagem violenta, todo o combo do que há de pior pode ser encontrado no canal de games “Xbox Mil Grau”.

O canal tem sido denunciado por seu conteúdo na plataforma e deixou os vídeos em privado, mas outros canais já salvaram o conteúdo e, além de fazer uma edição com os piores momentos para que as pessoas pudessem fazer denúncias.

O meio gamer é preocupantemente preconceituoso, machista, misogino, racista, e muitos jovens passam horas sem supervisão consumindo esses conteúdos. Cabe às platformas coibir conteúdos criminosos e banir usuários que cometam esse tipo de conteúdo, como foi feito com Jair Renan, filho do presidente Jair Bolsonaro, quando minimizou a pandemia de coronavírus no Twitch.

Clara Averbuck
Clara Averbuck
Escritora e jornalista, autora de 9 livros.