Pode o canabidiol funcionar como um suplemento?

Estudos recentes têm revelado o potencial do uso do CBD para aliviar ansiedade, estresse e no combate a doenças neurodegenerativas

O canabidiol é um composto produzido pela cannabis que tem, a partir de uma série de estudos realizado nos últimos, tido revelado o seu potencial para uso em tratamentos para uma série de problemas de saúde e bem-estar no geral.

O CBD é extraído das sementes da maconha e pode ser altamente eficaz para o tratamento de ansiedade, estresse, melhoria do sono e reduzir a gravidade das convulsões em casos de epilepsia resistente aos tratamentos tradicionais.

A partir daí, tem surgido a questão: o CBD pode funcionar como um Nootrópico?

Mas, o que é um nootrópico? São uma categoria de suplementos e drogas que podem ajudar a o cérebro em algumas aéreas, tais como proteção contra inadequações químicas; melhora da função cognitiva natural; melhora da memória e aprendizagem, e ajuda o cérebro a funcionar em circunstâncias extenuantes.

Por conta dos benefícios positivos do CBD no cérebro, ele tem sido comparado a categoria nootrópica de suplementos. Neste sentido, o canabidiol pode atuar positivamente no sono, humor, memória, apetite e digestão.

De acordo com informações do Sechat, um dos efeitos nootrópicos mais negligenciados do CBD é a possibilidade de oferecer proteção aos neurônios.

Dessa maneira, os compostos que são considerados neuroprotetores podem prevenir ou retardar o declínio relacionado à idade na função cognitiva e ajudar a combater as condições neurodegenerativas.

As pesquisas que apontam tais benefícios do CBD ainda são muito incipientes, porém, algumas pesquisas feitas com animais têm revelado, também, habilidades antioxidantes.

Outra questão levantada é que, não há notícias de reações adversas de tratamentos realizados a partir do CBD e isso mesmo em tratamentos de longo prazo com uso de 1500 mg por dia.

A eficácia do CBD para tratamentos tem levados parlamentares do Congresso Nacional a pressionar o governo federal a liberar o plantio da cannabis no Brasil para fins medicinais. Uma das propostas é que tal produção fique aos cuidados da Embrapa.

Com informações do Sechat e Canex.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR