Outra Vibe

Fórum Educação
21 de Maio de 2020, 12h48

Tinder quer estimular relacionamentos internacionais em meio à pandemia

Segundo o presidente da empresa, jovens não diferenciam a experiência offline e online e se acostumaram a ter relacionamentos significativos digitalmente

O Tinder que ajuda a galera a passar do “oi, e essa pandemia, hein”?

Já que estão todos presos em casa, a empresa resolveu investir no “Tinder Global” uma ferramenta e gratuita; Conta Mais, um espaço para quem está sem criatividade se inspirar pra ter o que falar.

As sugestões são tipo: “Se eu pudesse ter um super poder, ele seria…” ou “Estou finalmente assistindo…”. A resposta, como em outro app, o Bumble, ficará entre as fotos do usuário.

Segundo Elie Seidman, presidente-executivo do Tinder, com base dos matches de sucesso (correspondidos), o aplicativo detecta quais são os desafios comuns aos usuários para que o match vire um relacionamento.

“O que as pessoas mais dizem é ‘oi’, o que não é muito útil”, diz o executivo.

Este é um dos primeiros esforços da companhia voltada ao público que atingiu 18 anos e está começando a usar o Tinder.

Esses jovens, diz Seidman, não diferenciam a experiência offline e online e se acostumaram a ter relacionamentos significativos digitalmente, como nos jogos Animal Crossing e Fortnight.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags