ESCÂNDALO

Quem é o ator Ezra Miller, acusado de fazer lavagem cerebral em adolescente

O artista ganhou destaque internacional ao interpretar um jovem com distúrbios mentais no filme "Precisamos falar sobre Kevin"

Quem é o ator Ezra Miller, acusado de fazer lavagem cerebral em adolescente.Créditos: Divulgação
Escrito en BLOGS el

O nome do ator Ezra Miller voltou a figurar nas manchetes da imprensa europeia e estadunidense nesta quinta-feira (9) e o motivo não é um novo trabalho do artista, mas sim a acusação de que ele submete uma adolescente a lavagem cerebral, violência e uso de drogas. 

Os pais da jovem Tokata Iron Eyes deram uma entrevista ao TMZ e revelaram que entraram com um pedido em um tribunal de Dakota do Norte (EUA) com um pedido de restrição para manter o ator longe dela. 

Segundo o relato dos pais de Iron Eyes, a jovem conheceu Ezra Miller quando tinha 12 anos, quando o ator foi à Dakota do Norte para conhecer a reserva de Standing Rock. Tokata, que já era fã do ator, estabeleceu contato com ele, que a levou para Londres, em 2016, para que a jovem pudesse conhecer os estúdios de gravações do longa "Animais Fantásticos e Onde Habitam", nova franquia da saga Harry Potter e do qual ele integra o elenco. 

No documento judicial, o qual o TMZ afirma ter tido acesso, os pais de Tokata acusam Miller de ter fornecido álcool, maconha e LSD para a jovem quando ela ainda era menor de idade. Além disso, os pais também acusam o ator de ter influenciado a garota a abandonar os estudos, o que de fato ocorreu em dezembro do ano passado. 

Segundo a ação, "Ezra usa violência, intimidação, ameaça de violência, medo, paranoia, delírios e drogas para manipular a jovem Tokata Iron Eyes". 

Os pais da garota também afirmam que ele impôs comportamentos sobre Tokata, entre eles, Miller teria decidido que a jovem era uma pessoa não-binária. 

Atualmente, a jovem é uma militante contra as mudanças climáticas e já esteve com a também ativista pelo causa do meio ambiente, Greta Thunberg. 

Em outra parte do processo, os pais de Tokata afirmam que foram buscá-la na casa de Miller, em Vermont, em janeiro deste ano e, ao chegarem no local, notaram que ela estava sem vários objetos pessoais, tais como a carteira de motorista, as chaves do carro, cartão bancário e outros acessórios de necessidades diárias. 

O ator também é acusado de agredir Tokata Iron Eyes, pois, segundo os pais, eles viram vários hematomas espalhados pelo corpo da garota. 

Apesar do processo, Tokata publicou recentemente um vídeo em suas redes sociais para afirmar que está bem mentalmente e que seu "camarada" Ezra Miller tem ajudado. Também afirma que está ansiosa pelo futuro e fazendo terapia. 

A primeira audiência do caso está marcada para julho. O ator Ezra Miller ainda não se pronunciou sobre o caso. 

 

Sucesso meteórico e um histórico de prisões

 

O ator Ezra Miller, hoje com 29 anos, ganhou destaque internacional logo no início de sua carreira pela sua atuação no filme “Precisamos falar sobre o Kevin” (2011), onde interpreta o personagem que dá nome ao longa. Na trama, acompanhamos a vida de Kevin da infância até a adolescência. O longa busca fazer uma análise psicológica sobre psicopatia. 

Posteriormente, Miller foi escalado para interpretar o personagem da The Flash (DC Comics) dentro do longa “Liga da Justiça”, mas deve ganhar um filme solo em 2023. A consagração de Ezra viria com a sua atuação emo “Animais Fantásticos”, a nova franquia do universo Harry Potter, onde ele interpreta Credance, personagem central para o desenvolvimento da trama. 

Porém, a participação de Ezra Miller nas produções acima citadas e mesmo o futuro de sua carreira como ator está por um fio, visto que o ator tem se envolvido em várias confusões que envolvem agressões, prisões e uso abusivo de substâncias psicoativas. 
 

Entre março e abril desse ano Ezra Miller foi preso duas vezes no Havaí. Na primeira ele foi preso em um bar acusado de "conduta imprópria", pois, segundo o relato de testemunhas o ator "ficou nervoso quando cliente do bar começara a cantar karaokê e começou a gritar obscenidade e, determinado momento, arrancou o microfone da mão de uma mulher e depois agrediu um homem que jogava dardos". Ele foi preso, mas liberado após pagar fiança de US$ 500 (R$ 2,3 mil). 
 

Na segunda prisão no Havaí, Miller foi detido após dar uma cadeirada na cabeça de uma mulher durante uma reunião em uma casa na região de Pahoa. De acordo com relatos, o ator ficou "enfurecido" após pedirem para ele se retirar do encontro. Após a prisão, ele foi liberado e as investigações prosseguem. 

Um vídeo divulgado pela polícia do Havaí mostra Ezra Miller se defendendo e afirma que agrediu o home por este ter se declarado nazista.  

Em abril de 2020, época em que Miller estreou como The Flash, um vídeo divulgado pela revista Variety mostra o ator enforcando uma fã. 

De acordo com a publicação, a gravação do vídeo ocorreu às 18h hora do dia 1 de abril na saída de um bar em Reykjavik, na Islândia. Na gravação, Miller se aproxima de uma garota e pergunta "Então você quer lutar?", a menina sorri e o ator a agarra pelo pescoço e a derruba no chão. 

Escandalizadas, as pessoas correm para socorrer a garota. Inicialmente, a cena foi tratada como "uma brincadeira", mas depois foi verificado que se tratou de uma agressão. 

Além da lista de agressões e prisões, tabloides europeus e estadunidense dão conta, a partir de entrevista com fontes anônimas, que Ezra Miller sofre de distúrbios mentais e que se recusa a fazer tratamento. Também afirmam que o uso de substâncias psicoativas piora a condição do artista. 

Após os últimos escândalos, a presença de Miller em "Animais Fantásticos" é incerta, assim como em “The Flash”. 

O ator nunca se pronunciou publicamente sobre os escândalos e as acusações direcionadas à sua pessoa.