DNA

Cantor sertanejo descobre que filha não é dele e quer de volta R$ 1 milhão em pensão

Artista teve várias penhoras em sua conta, além de ser preso também por dever R$ 500 mil; mãe faltou a três testes

Thaeme e Thiago.Créditos: Divulgação
Escrito en BLOGS el

O cantor sertanejo Thiago Servo, conhecido por sua parceria com Thaeme, iniciou uma ação indenizatória após a decisão judicial de que ele não é o pai da menina, para quem já havia desembolsado mais de R$ 1 milhão em pensão alimentícia. A notícia foi compartilhada pelo advogado do músico, Otávio Gomes Figueiró, em suas redes sociais na última sexta-feira (10). Em 2016, Thiago foi detido por dever R$ 500 mil em pensão.

"Muita gente veio me perguntar sobre a ação indenizatória que o Thiago Servo está ingressando contra a mãe da filha que não é dele. Foram sete anos de luta, batalhas judiciais, uma atrás da outra. Thiago foi preso indevidamente por conta disso", afirmou Otávio.

"Ele pagou mais de R$ 1 milhão de pensão, e hoje nós estamos ingressando com uma ação indenizatória para restituir o Thiago do que lhe foi retirado. Não só o que ele pagou de pensão, mas também o dano moral e material", acrescentou o advogado.

Sete mandados

Otávio destacou que o cantor enfrentou sete anos de mandados de prisão consecutivos, impossibilitando-o de trabalhar e se apresentar. Ele enfatizou a crença na justiça e afirmou que estão empenhados em assegurar os direitos de Thiago.

A Justiça determinou que Thiago não é o pai da menina de 10 anos, após exigir um teste de DNA. Segundo o colunista Felipeh Campos, da Record, a mãe da criança faltou ao exame em três ocasiões, levando o juiz a remover o nome do cantor da certidão de nascimento.

Em 2023, Thiago venceu o reality show "A Grande Conquista" da Record. Mesmo com o prêmio penhorado para quitar suas dívidas judiciais, o cantor afirmou durante sua participação no programa "Selfie Service" no YouTube que seus advogados estão lidando com a situação e expressou confiança em obter mais uma vitória na Justiça.