Em resposta a promotoria, Neymar diz que não organizou festa de Mangaratiba

Jogador do PSG diz que foi passar réveillon com familiares em SC e, no Instagram, provocou: “Não é pra 500 pessoas”

Em resposta ao Ministério Público do Rio de Janeiro, o jogador Neymar, do Paris Saint Germain, disse que não organizou a festa em Mangaratiba (RJ) que começou no dia 26 de dezembro e foi amplamente noticiada – e criticada.

Neymar alegou ao Ministério Público que passaria a noite de réveillon ao lado de amigos e familiares e que não está promovendo nenhuma festa em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio.

A revelação de que a festa acontecia na mansão de Neymar no Condomínio Portobello foi feita pelos colunistas Ancelmo Gois, de O Globo, e Léo Dias, do Metrópoles. O evento, apelidado de Neymarpalooza, teria de acordo com Dias apresentações de artistas como Léo Santana, Ludmila, Grupo Menos é Mais, Harmonia do Samba e Wesley Safadão.

Por reunir mais de uma centena de pessoas em pleno recrudescimento da pandemia do novo coronavírus no país, a festa foi muito criticada. Depois de todas as críticas e até do anúncio de que a festa seria investigada, Neymar foi para Santa Catarina passar o réveillon.

Leia também

Festa de Mangaratiba: Felipe Andreoli, do Globo Esporte, faz comparação entre Neymar e Bolsonaro

Caio defende Neymar eleva invertida de comentarista: o risco não é só dele, é da sociedade

Perfil no Instagram expõe convidados da festa de Neymar

A promotoria informou que as investigações ainda estão em andamento e que tomará as medidas cabíveis se houver desrespeito, por parte de organizadores, de qualquer festa privada em relação aos decretos vigentes.

“Não é pra 500 pessoas”

Nesta quinta-feira (31), Neymar publicou nos stories de seu Instagram um vídeo em que mostra o que, segundo ele, seria o cenário de seu réveillon: uma longa mesa de jantar, em que os lugares pulam uma cadeira entre um e outro.

“Jantarzinho de casa, com distanciamento social entre uma cadeira e outra, e não é pra 500 pessoas, tá?”, ironizou no vídeo. Gois, de O Globo, havia publicado que a festa de Mangaratiba reuniria cerca de 500 convidados.

Outros vídeos publicados nos stories mostram o jogador e seu filho sendo testados para o novo coronavírus. O atleta já contraiu Covid-19.

Com informações do G1

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR