José Loreto pinta as unhas e irrita Antonia Fontenelle: “Procure outra forma de lacrar”

Ator queria mostrar à filha Bella, de 3 anos, que não existe "coisa de menino e coisa de menina"

Conhecida por polêmicas xenofóbicas e racistas, a influenciadora bolsonarista Antonia Fontenelle se manifestou sobre mais uma atitude que a desagradou. Desta vez, foi o fato do ator José Loreto ter pintado as unhas de preto para mostrar à filha, Bella Loreto, de 3 anos, que não existe “coisa de menino e coisa de menina”.

“Podemos ensinar as pessoas a se amarem e se respeitarem sendo quem são. Menino é menino, e menina é menina. Engraçado que eu não me lembro de te ver passeando por aí de tailleur rosa. Me poupe, Loreto. Procura outra forma de lacrar”, escreveu Fontenelle.

A bolsonarista ainda cutucou Loreto, dizendo que ele “não respeita a mãe da filha dele”. “Se tu não respeita a mãe da tua filha, respeita pelo menos a tua filha. E, para finalizar, te manca que de príncipe tu não tem nada”, disse.

O ator foi casado com Débora Nascimento durante sete anos e o divórcio teria acontecido por uma suposta traição dele. Apesar de ter sido um término conturbado, hoje eles se dão bem e ele chegou a comprar uma casa a 100 m da atriz para ficar perto de Bella.

Notícias relacionadas

Loreto aparece com as unhas pintadas em mais de uma foto na sua página oficial no Instagram. Na que está com a filha, no entanto, ele escreveu sobre a quebra dos padrões de gênero.

“Antes da minha filha nascer, compus uma música pra ela que já começa assim: ‘Não é Cinderela, é a super Bella’… Minha filhota está com 3 anos e meio e AMA princesas! Eu não pinto as unhas para entrar no mundo encantado das princesas que ela tanto admira”, disse o ator.

“Eu pinto pq eu acho que fico lindão e para mostrar pra ela que os príncipes tb pintam unhas, se enfeitam, usam saias, amam rosa, dançam ballet e o que quiserem. Semeando a igualdade, ela vai deixando de achar que isso é coisa de menina e aquilo é coisa de menino. Construir desconstruindo, sempre no caminho do amor!”, completou.

Avatar de Carolina Fortes

Carolina Fortes

Repórter colaborativa no site Emerge Mag e antiga editora-assistente no site da Jovem Pan. Ex-repórter no site Elástica. Formada em jornalismo e faz a segunda graduação em Letras na Universidade de São Paulo (USP). Acredita no jornalismo como forma de impacto social e defende maior inclusão e representatividade.