Thelma, campeã do último BBB, vai à delegacia denunciar ataques nas redes: “Fogo nos racistas”

"Eu sempre disse que internet não é terra de ninguém", escreveu a médica ao anunciar denúncia feita na polícia

Nove meses após vencer Big Brother Brasil 20, a médica Thelma Assis foi nesta terça-feira (19) a uma delegacia para denunciar ataques racistas que afirma ter sofrido nas redes sociais.

Thelminha, como é conhecida, esteve no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil de São Paulo. Ela mesma quem deu a informação com uma foto, postada no Instagram, em que aparece na unidade policial com a mensagem: “Eu sempre disse que a internet não é terra de ninguém. Grande dia. #FogoNosRacistas”.

Leia também: BBB21 vai reunir líder de ocupações de escolas de SP e filho de ex-vereador do PT em Minas

Desde que saiu do confinamento do reality show, em maio do ano passado, que Thelma afirma ser alvo de ataques racistas nas redes sociais. Ela chegou a afirmar que foi, inclusive, alvo de preconceito dentro da casa do Big Brother.

“Acho que como qualquer mulher preta no Brasil é impossível não ter vivenciado um ato de racismo. Quando você entra em um reality show sabe que vai sofrer críticas, mas injúria racial é inadmissível”, disse a médica em uma entrevista ao programa Encontro, da Globo, logo após sua saída do programa.

Em nota, a assessoria de imprensa da médica confirmou que ela esteve na delegacia, mas não deu detalhes sobre seu depoimento e nem que tipo de denúncia ela apresentou. “Thelminha esteve hoje na delegacia para depor sobre os casos de racismo que sofreu. Por ora, ela não se pronunciará sobre o assunto”, diz a nota.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR