Quilombo

por Dennis de Oliveira

13 de Maio de 2015, 16h56

Abolição inacabada: o projeto das classes dominantes brasileiras

A abolição da escravização de africanos de 13 de maio de 1888 foi parte de um projeto político conservador tocado pelas elites aristocráticas. Isto porque a manutenção do sistema de mão de obra escrava era incompatível com o capitalismo que já avançava para a sua fase imperialista no final do século XIX. Motivos: 1-) Por […]


+ posts

08 de abril de 2015, 12h36

Ministra da Seppir afirma que ajuste fiscal não prejudicará ações da secretaria

Em entrevista coletiva realizada com jornalistas de mídias negras esta manhã,  a ministra Nilma Lino Gomes, da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) garantiu que o ajuste fiscal não irá prejudicar as políticas de igualdade racial. “A presidenta Dilma tem dito seguidamente que o ajuste fiscal não atingirá as políticas sociais. […]


30 de março de 2015, 18h04

Gabriela Vallim: Pelo fim de todas as ferramentas de genocídio do povo preto! A reconstrução se dará por meio da comunidade

por: Gabriela Vallim (estudante do Jornalismo e articuladora do EECUN – Encontro de Estudantes e Coletivos Universitários Negros)   O mulherismo me mostrou um outro universo! Me sinto acolhida, é NÓS POR NÓS. Me identificava com o feminismo por acreditar ser necessário a luta por direitos iguais, mas minhas idas a grupos feministas, sempre gerou […]


25 de março de 2015, 12h31

Dois vídeos agressivos: contra quem?

Onde está a agressividade da opressão? No discurso que defende políticas de inclusão ou no que chama os beneficiários eventuais de tais políticas de vermes?


22 de março de 2015, 13h14

Passeata do dia 13 teve mais negros que no dia 15

Pesquisa realizada pela Fundação Perseu Abramo mostra que, em São Paulo, havia mais negros e pobres no dia 13 que na manifestação do dia 15 que pedia o impeachment da presidenta. A diferença, porém, não é tão grande como se pensava.


18 de março de 2015, 20h13

Os riscos para a população negra com o avanço da direita

O avanço conservador pode significar um imenso retrocesso nas limitadas conquistas institucionais em prol dos direitos humanos e das medidas de combate ao racismo.


12 de março de 2015, 14h20

Mulheres negras: sororidade e luta

“Sororidade é uma dimensão ética, política e prática do feminismo contemporâneo. (...) É a consciência crítica sobre a misoginia e é o esforço tanto pessoal quanto coletivo de destruir a mentalidade e a cultura misógina, enquanto transforma as relações de solidariedade entre as mulheres."


09 de março de 2015, 20h48

É a sociedade da informação, estúpido!

Os protestos contra a presidenta Dilma foram produto de uma apropriação das tecnologias por parte da direita. A esquerda precisa se preparar para entrar nesta disputa.


05 de março de 2015, 12h41

CPI investigará o genocídio de jovens negros e pobres

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) aceitou no dia 4 de março a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar a violência contra jovens negros e pobres. O pedido de criação desta CPI foi feito pelo deputado federal Reginaldo Lopes (PT/MG). Segundo o parlamentar petista, o objetivo da comissão é […]


23 de fevereiro de 2015, 00h53

Há 25 anos atrás, era fundada uma grande entidade negra em São Paulo

Em 24 de fevereiro de 1990, pouco mais de 100 pessoas lotaram o auditório do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente (Sintaema) para a assembléia geral de fundação da União de Negros pela Igualdade de São Paulo (Unegro/SP), uma entidade que tinha sido fundada em Salvador (BA) dois anos antes (em 14 […]


11 de fevereiro de 2015, 22h58

Esquerda que não é anti-racista cava sua própria cova

Uma das características mais fortes desta direita que cresce cada vez mais é o racismo. Isto não é a toa. A sociedade capitalista brasileira foi construída no tripé cidadania restrita/concentração de riqueza/violência como prática política. O racismo é o mecanismo que define que é cidadão e quem não é. quem tem a renda e quem […]


06 de fevereiro de 2015, 18h58

Sobre a crise, corrupção e a “luta de classes” fora da moda

Passei estes últimos dias no interior de Minas Gerais, a serviço. E nas rodas de conversa nos botecos, no ônibus, nas ruas, vira e mexe cai no assunto política. E o descontentamento é grande. Nem falo de pessoas de classe média, mas de trabalhadores  – motoristas, faxineiros, atendentes de escola. Aliás, este é um bom […]