escrevinhador

por Rodrigo Vianna

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de janeiro de 2011, 16h39

Ecos da posse: os que vão e os que ficam

por Vanessa Faria: "Gosto muito quando Dilma diz que, quando se trabalha pelos oprimidos, uma força enorme toma conta da gente e impulsiona a gente. Ela disse isso no discurso da vitória e disse de novo hoje. É isso aí. Chorei várias vezes assistindo a posse. Chorei ao ver o Mujica e a mulher senadora no nosso Congresso Nacional. Sobreviventes, como a Presidenta. Corajosos, lutadores, exemplos absolutos de vida."

por Vanessa Faria, diplomata
 
Queria compartilhar com voces uma mensagem de alguém querido que esteve na posse do Lula em 1.1.2003, o Julio Romero: com sua mulher Gabi, viajou léguas em ônibus para chegar lá a partir da Argentina. Foi na posse em 2003 que os conheci, e depois viramos grandes amigos em Buenos Aires. Vejam abaixo que bacana a mensagem que ele mandou ao Lula. O texto sintetiza muito bem o que ouvimos, na Argentina e agora no Paraguai: vozes de todo um continente que reconhece no Lula, e agora na Dilma, a liderança no processo de integraçao.
 
Terminar 2010 com a portaria do Celso Amorim determinando cotas para afrodescendentes agora nas vagas do Rio Branco também foi muito emocionante. Há  11 anos, defendi enfaticamente a adoçao de cotas na minha redação de Português, no concurso de admissão ao Rio Branco. Hoje isso vai virando realidade.  O Demétrio Magnoli fará os raivosos discursos dele contra, o Globo, a Folha e a Veja seguirao disseminando o mal e o ódio, mas as coisas estão mudando.
Gosto muito quando Dilma diz que, quando se trabalha pelos oprimidos, uma força enorme toma conta da gente e impulsiona a gente. Ela disse isso no discurso da vitória e disse de novo hoje. É isso aí.
 
Chorei várias vezes assistindo a posse. Chorei ao ver o Mujica e a mulher senadora no nosso Congresso Nacional. Sobreviventes, como a Presidenta. Corajosos, lutadores, exemplos absolutos de vida. Chorei ao ver 6 agentes mulheres da Polícia Federal  fazendo a segurança mais próxima da Presidenta. Chorei cada vez que ela falava “Presidenta” (os grandes meios insistam em dizer Presidente). Mas o mais emocionante foi pensar em cada história que conheço de militantes caídos/as na ditadura, na tortura…Nos 2 discursos, no Congresso e no Planalto, Dilma lhes rendeu homenagem hoje, dirigindo-lhes sua  homenagem…  Já o havia feito, de forma mais contida, no pronunciamento naquele hotel logo após o anúncio da vitória. Estiveram e estão PRESENTES. Não foi em vão. Nunca é. É a tal força, e nada pode com ela. Tenho certeza disso.
 
Acho maravilhoso e muito emocionante tudo isso.
 
Um beijo para todos, e feliz ano novo.
 
Vanessa.
===

Querido Lula: hoy que estás llendo del gobierno te queria contar que fuimos a verte el día que asumiste la presidencia. y la noche anterior te dí la mano y no me olvido más, hicimos 3000 km. para verte, para ver llegar tal vez el sueño de mi padre, de que un obrero llegara a la presidencia y vos entrabas al hotel a juntarte con tu familia que te habia traido desde el nordeste cargado de sueños. tal vez este sueño era el que nos motivaba a mi y mi compañera ir a verte a estar entre los tuyos y salimos desde bs. as. pasando por uruguaiana, paraná, san pablo hasta llegar a brasilia y se iban amontonado en los micros poetas , profesionales, amas de casa, empleados bancarios y tantos otros y el poeta recitaba: hoja vas a temblar papel en blanco vas a sentir miedo de todo lo que voy a escribir no seré yo el tenga miedo a la hoja en blanco…el sueño de la clase obrera al poder al paraiso era posible con vos. Y eso cobijaba nuestra marcha para verte llegar. Y hoy que te estas l lendo te quiero decir que ese apretón de manos ese saludo de compañeros es el que llevo en mi alma y en mi corazón y decirte gracias COMPAÑERO! y a seguir soñando por una patria latinoamericana más justa más libre y más soberana porque los cimientos ya estan hecho por tus manos. Gracias y Hasta la victoria simpre,

 Julio Romero (professor em Buenos Aires)


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum