escrevinhador

por Rodrigo Vianna

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de Maio de 2015, 10h25

Edinho Silva sobre Fachin: Bom senso prevalecerá sobre campanha conservadora

O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, disse que o governo está confiante no “bom senso” do Senado.

Por Yara Aquino, da Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, disse hoje (11) que o governo está confiante no “bom senso” do Senado para a aprovação do jurista Luiz Edson Fachin para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O nome de Fachin foi indicado pela presidenta Dilma Rousseff para a vaga deixada por Joaquim Barbosa.

“Estamos falando de um jurista respeitado, reconhecido, agora cabe ao Senado fazer a sabatina e fazer a apreciação do nome. O governo tem confiança no Senado, no bom senso do Senado e tem confiança no curriculum de um jurista que hoje é um dos maiores do nosso país”, disse Edinho.

A sabatina de Fachin está marcada para amanhã (12), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Encerrada a sabatina, a indicação será submetida à deliberação dos senadores que integram a Comissão, em votação secreta. O resultado dessa votação será enviado ao plenário do Senado, que irá ou não ratificar.

A indicação do jurista tem enfrentado resistências. Na última quinta-feira (7), a Consultoria Legislativa do Senado emitiu nota técnica reforçando a tese de ilegalidade do exercício da advocacia por Fachin quando ele era também procurador do Paraná.

A nota foi emitida em resposta à consulta feita pelo senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES). No mesmo dia, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que Fachin já havia explicado que, quando prestou concurso para a Procuradoria, o edital informava sobre a possibilidade do exercício de advocacia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum