escrevinhador

por Rodrigo Vianna

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de Maio de 2015, 10h19

Grécia anuncia que não pagará dívida ao FMI e exige renegociação

O governo grego se nega a aplicar um ajuste fiscal do tipo Joaquim Levy, com corte de salários e pensões, flexibilização do mercado de trabalho e política de austeridade.

Do Opera Mundi

A Grécia anunciou neste domingo (24/05) que não irá pagar ao FMI (Fundo Monetário Internacional) uma dívida estimada em 1,6 bilhão de euros. Em nota oficial, o Ministério do Interior grego afirmou que não será possível cumprir o acordo feito em gestões anteriores com credores internacionais.

“Este dinheiro não será pago, porque não há. Isso é conhecido e discutido com base num otimismo cauteloso de que haverá acordo que permita ao país respirar”, disse o ministro do Interior, Nikos Vutsis.

Uma das razões para a dificuldade em pagar a dívida é que o governo grego se nega a cortar salários e pensões, flexibilizar o mercado de trabalho e implantar a política de austeridade das instituições da Troika (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e FMI).

No final de Fevereiro, os parceiros da zona do euro concordaram com a Grécia estender até Junho o empréstimo para chegar a acordo sobre as reformas que o país deve fazer para poder continuar a receber as verbas.

Em entrevista à emissora grega Mega, Nikos Vutsis afirmou que há divergências com o FMI sobre o cumprimento do acordo. Com uma dívida que chega a 175% do PIB e problemas de liquidez, a Grécia negocia há meses com credores a extensão do atual programa de resgate econômico.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum