escrevinhador

por Rodrigo Vianna

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de novembro de 2011, 11h52

Sem dinheiro, Unesco suspende programas

Do Operamundi: A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, anunciou nesta quinta-feira (11/11) que a entidade vai suspender a execução de todos os programas previstos até o fim de 2011 por falta de recursos, após os Estados Unidos terem suspendido o financiamento do órgão das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura. A decisão dos EUA foi uma retaliação à decisão da Unesco de admitir a entrada da Palestina como membro pleno da organização.

Unesco suspende atividades por falta de dinheiro após corte dos EUA
Por William Maia, do OperaMundi

A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, anunciou nesta quinta-feira (11/11) que a entidade vai suspender a execução de todos os programas previstos até o fim de 2011 por falta de recursos, após os Estados Unidos terem suspendido o financiamento do órgão das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura.

Segundo Bokova, a medida vai permitir uma economia de até US$ 35 milhões, que somada a outros US$ 30 milhões do capital de giro da organização cobrirá o rombo deixado pela suspensão de repasses do governo norte-americano, que era responsável por 22% do orçamento da Unesco.

A decisão dos EUA foi uma retaliação à decisão da Unesco de admitir a entrada da Palestina como membro pleno da organização. Além dos norte-americanos, o governo de Israel também anunciou a suspensão do envio de recursos como forma de protesto.

A adesão da Palestina foi aprovada em 31 de outubro pela grande maioria (107 votos a favor e 14 contra) dos países membros da Assembleia Geral da Unesco, que tem sede em Paris. O voto favorável da França causou uma saia justa entre os presidentes Nicolas Sarkozy e Barack Obama durante a última cúpula do G-20. Em uma conversa particular que vazou para jornalistas, Obama cobrou Sarkozy por não ter sido avisado sobre a posição francesa.

A crise do financiamento da Unesco ocorre no momento em que o Conselho de Segurança da ONU analisa o pedido de reconhecimento do Estado Palestino, pleito que enfrenta forte resistência norte-americana e israelense. O governo dos EUA já anunciou que utilizará seu poder de veto para barrar a proposta e agora pressiona outros países do Conselho para evitar seu isolamento.

*Com informações do jornal espanhol ABC.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum