escrevinhador

por Rodrigo Vianna

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de setembro de 2014, 11h30

Vanguarda do pensamento e da cultura lança manifesto por Padilha

"Como governador de São Paulo, Padilha vai estar ao lado da presidenta Dilma para um novo ciclo de desenvolvimento, com mais mudanças e mais futuro. São Paulo precisa de uma liderança que mobilize a ousadia, a criatividade e a força do seu povo", diz o texto.

MANIFESTO SÃO PAULO COM PADILHA

Chegou a hora de São Paulo iniciar um novo ciclo de mudanças que transforme o estado e contribua decisivamente para o processo de desenvolvimento em curso no País, com distribuição de renda, geração de emprego, ampliação da democracia e dos direitos da cidadania.

São Paulo possui a riqueza das grandes economias, mas apresenta mazelas sociais inaceitáveis. A indústria mais moderna e a agropecuária mais dinâmica convivem com a falta d’água, a baixa qualidade da educação, os problemas na saúde, a precariedade do transporte público, a crise na segurança pública e a criminalização dos movimentos sociais.

São Paulo foi escolhido por milhões de brasileiros e brasileiras como local de construção de suas vidas e sonhos. Apesar disso, nosso Estado ainda convive com manifestações de intolerância e preconceito em razão de origem, cor, gênero e orientação sexual.

Sendo o mais rico, ainda é o Estado que mais possui pobres em número absolutos. Milhões de famílias ainda vivem em habitações precárias. Nas últimas décadas, os sucessivos governos estaduais pouco fizeram para mudar esse quadro. A letargia, a ineficiência da gestão e o descaso com a maioria da população impedem que a riqueza produzida por todos se transforme em melhoria da qualidade de vida das pessoas.

É preciso mudar de verdade!

O que está em jogo nestas eleições é o enfrentamento das desigualdades, que ainda se constituem como um traço marcante do Estado mais desenvolvido do Brasil.

Os governos Lula e Dilma colocaram em curso grandes transformações econômicas e sociais que tornaram o Brasil mais justo. A inclusão social e a sustentabilidade ambiental tornaram-se pilares do desenvolvimento. O trabalho, o empreendedorismo e a diversidade de São Paulo devem se somar ao esforço que o Brasil inteiro realiza para tornar o país um lugar melhor para viver.

Temos a forte convicção de que São Paulo precisa de uma liderança dinâmica e inovadora como Padilha. Como ministro de Lula e Dilma, Padilha participou ativamente da construção das políticas públicas que elevaram o Brasil a um novo patamar. Ele tem experiência e capacidade realizadora.

Tem também o melhor programa de governo, construído conjuntamente com os movimentos sociais, técnicos, intelectuais, trabalhadores e empresários.

Padilha considera a educação, a ciência e tecnologia e a cultura áreas estratégicas de um modelo de desenvolvimento inovador, sustentável e inclusivo, que incorpora a importância de cada região e dos diferentes setores econômicos da cidade e do campo. Padilha tem compromisso com a defesa dos direitos humanos e com as políticas de promoção dos direitos das mulheres, negros e negras, juventudes, LGBTs, pessoas idosas e pessoas com deficiência.

Mais que tudo isso, Padilha tem convicção de que a participação social e o diálogo franco e democrático são ferramentas indispensáveis para o bom governo. Por sua trajetória, Padilha tem compromisso com o combate implacável à corrupção e a defesa da ética, da transparência, do controle social e da necessária reforma política.

Como governador de São Paulo, Padilha vai estar ao lado da presidenta Dilma para um novo ciclo de desenvolvimento, com mais mudanças e mais futuro.

São Paulo precisa de uma liderança que mobilize a ousadia, a criatividade e a força do seu povo.

Por isso, apoiamos Padilha governador, com Dilma Presidenta e Suplicy Senador.

Assinam este manifesto:

  1. ALFREDO BOSI – HISTORIADOR, CRÍTICO, ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS
  2. AMÉLIA COHN – SOCIÓLOGA, USP
  3. ANDRÉ SINGER – CIENTISTA POLÍTICO, USP
  4. ANTONIO CANDIDO – ESCRITOR, SOCIÓLOGO
  5. ANTONIO NOBREGA – MÚSICO, ATOR, DIRETOR
  6. AVANI FULNI-Ô – PRESIDENTA DO CONSELHO DE POVOS INDÍGENAS
  7. CARINA VITRAL – PRESIDENTA DA UNIÃO ESTADUAL DOS ESTUDANTES SP
  8. CELSO ANTÔNIO BANDEIRA DE MELLO – JURISTA, ESCRITOR
  9. CELSO FRATESCHI – ATOR
  10. EDUARDO GUDIN – COMPOSITOR, PRODUTOR MUSICAL
  11. ELEONORA ROSSET – PSICANALISTA
  12. FERNANDO ANITELLI – TEATRO MÁGICO
  13. FERNANDO MORAIS – ESCRITOR
  14. FREI BETTO – ESCRITOR
  15. GABRIEL COHN – SOCIÓLOGO
  16. JEAN CLAUDE BERNARDET – CINEASTA
  17. LADISLAU DOWBOR – ECONOMISTA, PUC
  18. LECI BRANDÃO – CANTORA
  19. LUIZ GONZAGA BELLUZZO – ECONOMISTA
  20. MARCELO FERRAZ – ARQUITETO
  21. MARCIO TOMAZ BASTOS – ADVOGADO
  22. MARIA RITA KEHL – PSICÓLOGA
  23. MARIA VICTORIA BENEVIDES – SOCIÓLOGA, USP
  24. MARILENA CHAUI – FILÓSOFA, USP
  25. MARIO SÉRGIO CORTELLA – FILÓSOFO, ESCRITOR, PUC
  26. MOISÉS DA ROCHA – SAMBISTA
  27. NALU FARIAS – MARCHA MUNDIAL DAS MULHERES
  28. PABLO CAPILÉ – FORA DO EIXO
  29. PAUL SINGER – ECONOMISTA
  30. RAPPIN HOOD – MUSICO, RAPER
  31. RAQUEL TRINDADE – ESCRITORA, ARTISTA PLÁSTICA, FOLCLORISTA
  32. ROGERIO CERQUEIRA LEITE – FÍSICO, UNICAMP
  33. SERGIO HADDAD – COORDENADOR GERAL DA AÇÃO EDUCATIVA
  34. SÉRGIO MAMBERTI – ATOR
  35. SÉRGIO VAZ – POETA
  36. TARGINO DE ARAUJO FILHO – ENGENHEIRO, UFSCAR, PRESIDENTE DA ANDIFES
  37. TATA AMARAL – CINEASTA
  38. THOBIAS DA VAI VAI – MÚSICO, SAMBISTA
  39. TIAGO TAMBELLI – CINEASTA
  40. TONI VENTURI – CINEASTA
  41. WOLFGANG LEO MAAR – FILÓSOFO, UFCAR
  42. ZÉ CELSO MARTINEZ – ATOR, DIRETOR DE TEATRO

PARA ASSINAR, ENVIE E-MAIL COM SEU NOME E COMO VOCÊ QUER SER IDENTIFICADO PARA [email protected]


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum