escrevinhador

por Rodrigo Vianna

15 de janeiro de 2009, 16h37

Urubus e jornalismo: colunistas de costas para os fatos

Fui tomar café-da-manhã na padaria (um hábito, um tanto dispendioso, entre muitos paulistanos). Sobre a mesa, outro cliente havia esquecido o “Estadão”. O jornal estava aberto bem na página da coluna da Dora Kramer. Vocês já leram essa colunista? Raramente leio. Dessa vez, estava impagável. O título: “Uma nação de cócoras”. Pensei que tivesse algo […]


+ posts

04 de novembro de 2008, 12h32

Dilma abre dez pontos: qual o cenário agora?

Amigos blogueiros, como Eduardo Guimarães, acham que eu sou cauteloso demais. A verdade é que não gosto de "já-ganhou". Essa sensação tende a crescer ainda mais depois dos números mostrados pelo Sensus. A eleição não está ganha. Do outro lado, há um candidato que não tem nada a perder. Serra, a essa altura, luta com a ajuda da mídia. E de sua obsessão pelo poder.


03 de novembro de 2008, 17h11

Justiça tira do ar blog que criticava Serra

Estranho. Muito estranho. A Justiça tirou do ar o blog “Flit Paralisante”, mantido pelo delegado Roberto Conde Guerra. Não conheço o delegado. Como jornalista, não costumo cobrir assuntos policiais todos os dias. Sei que, mesmo na polícia, há quem torça o nariz para algumas opiniões ou atitudes do delegado… Mas, qual a justificativa para tirar […]


28 de outubro de 2008, 23h05

Estadão não gosta de mulher?

A leitora Fernanda Estima escreve-me indignada. Conta-me que leu no site do “Estadão” – pouco antes da eleição de domingo- uma enquete “engraçadinha”. Engraçadinha, mas ordinária. Veja, e julgue você mesmo, leitor: “Quais reivindicações femininas você faria ao Prefeito(a) eleito(a) no domingo? Se todos os problemas estruturais da Cidade já estivessem resolvidos (Educação, Saúde, Transporte, […]


28 de outubro de 2008, 23h04

CBN demite âncora: operação 2010 começou?

O jornalista Sidney Rezende foi demitido da rádio CBN, que pertence às Organizações (?) Globo. Não conheço Sidney Rezende pessoalmente. Mas, ele era tido por colegas e ouvintes como um jornalista que exercia sua independência, apesar de a CBN também estar sob os tentáculos de Ratzinger – o agente das sombras do jornalismo global, o […]


09 de outubro de 2008, 17h09

Justiça reconhece que Ustra torturou

O juiz Gustavo Santini Teodoro, da 23ª Vara Cível de São Paulo, deu sentença reconhecendo que o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra (chefe do DOI-CODI em São Paulo, entre 1970 e 1974) torturou Maria Amelia Teles, Cesar Augusto Teles (marido de Maria Amelia) e Crimeia Alice de Almeida (irmã de Maria Amelia). A tortura ocorreu […]