Segunda Tela

09 de maio de 2016, 11h30

Apresentadora do SBT gera revolta após declarações homofóbicas

No “Programa Silvio Santos” de domingo (8), Patrícia Abravanel foi questionada sobre sua opinião a respeito de relacionamentos homoafetivos. O assunto teve início quando Silvio comentou sobre o filme “Carol”, que mostra um romance entre as personagens de Cate Blanchett e Rooney Mara.

Patrícia, que é evangélica, se mostrou conservadora em relação ao tema. “Li numa revista que um terço dos jovens se relaciona com pessoas do mesmo sexo. Eu acho muito um terço, mesmo sem saber se a opção deles é real. Eles experimentam. Acho que o jovem é muito imaturo para saber o que quer. A gente tem que firmar que homem é homem e mulher é mulher. Acho que não é legal ser superliberal”, disse.

Ela ainda acusou o pai de estar fazendo “propaganda indireta” a esse tipo de relação e continuou: “Eu não sou contra o homossexualismo [sic], mas sou contra falar que é normal. E outra, mulher com mulher não é tão legal assim. Não tem aquele brinquedo que a gente gosta bastante.”

Também convidado do quadro “Jogo dos Pontinhos”, o comediante Carlinhos Aguiar foi adiante e se mostrou bastante preconceituoso com a comunidade LGBT. Ele declarou que “não bastasse esse monte de viado [sic], agora tem um monte de mulher colando velcro”.

“Se elas me conhecessem, deixariam disso”, completou. Os usuários do Twitter lançaram a hashtag “#AnormalÉTeuPreconceito”, que foi parar no topo dos trending topics do Brasil.

Foto de capa: Divulgação


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum