Segunda Tela

10 de janeiro de 2018, 17h32

“Quebrando o Tabu” posta foto de Huck com cara de Temer; um dos donos da página é irmão do apresentador

“Somos bem mais de um. E não achamos que o melhor currículo pra ser presidente do país é ser o apresentador de sábado à tarde da família brasileira”, disparou um dos colaboradores da página que se coloca, ao mesmo tempo, como progressista e liberal

Por Redação

Seguidores da página Quebrando o Tabu, uma das mais influentes das redes sociais, ficaram sem entender nada nesta quarta-feira (10). Em uma postagem que já ultrapassou os 2 mil likes, uma foto de Luciano Huck misturada com o rosto de Michel Temer faz sucesso.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

“Renovação política?”, diz, ironicamente, a legenda.

O inusitado da situação está no fato de que um dos administradores da página, Fernando Grostein, é irmão do apresentador global Luciano Huck, virtual candidato à presidência e um dos personagens da chacota da fotomontagem publicada pela página.

A “Quebrando o Tabu” foi lançada em 2011 como página de divulgação do documentário dirigido por Grostein naquele mesmo ano. O filme trata sobre a temática da legalização da maconha. Em 2013, em parceria com Guilherme M., a página foi reativada, e hoje se coloca no campo progressista, tratando de temas como feminismo, racismo, homofobia e violência policial, mas dialoga com o campo liberal no âmbito econômico.

Quase nenhum artigo ou postagem da página é assinado e não há uma descrição de quem compõe a equipe. Em matéria da revista Trip, no entanto, Grostein é colocado como “tutor” de Guilherme M. e, em outro momento, deixa muito mais explícito quem que são os donos da página: “Ela pertence à Spray Filmes e ao Guilherme”.

A Spray Filmes, produtora do documentário “Quebrando o Tabu”, por sua vez, tem como um dos sócios justamente ele: Fernando Grostein.

Internautas questionaram o motivo pelo qual estavam fazendo esse tipo de comparação, já que Grostein é irmão de Luciano Huck. A página, prontamente, respondeu e se colocou contra uma candidatura do apresentador global: “Somos bem mais de um. E não achamos que o melhor currículo pra ser presidente do país é ser o apresentador de sábado à tarde da família brasileira“.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum