sábado, 26 set 2020
Publicidade

Página de ativismo negro acusa ‘Revista Bula’ de racismo

A revista, vinculada ao portal R7, fez uma lista das mulheres mais bonitas do cinema sem nenhuma mulher negra e, pelo Facebook, avisou: “sem cotas”. Depois de reclamações, uma mulher negra foi incluída na lista 

Por Redação 

A página do Facebook “Gente Preta”, que publica posts sobre vida e ativismo da população negra, acusou a “Revista Bula”, portal de jornalismo cultural vinculado ao R7, de racismo. O portal publicou, na semana passada, uma lista das “10 mulheres mais bonitas do cinema” somente com mulheres brancas. Na divulgação do Facebook, ainda zombou: “sem cotas”.

A página “Gente Preta” printou a postagem e afirmou que, após reclamações, uma mulher negra foi inserida na lista e a postagem do Facebook apagada. Na lista em si, a expressão “sem cotas” teria sido trocada pela expressão “sem clichês”.

“A página da “Revista Bula” deixando bem claro seu racismo .”Sem cotas” quer dizer SEM PRETAS ou somente aquela 1 para dizer que tem como eles fizeram ao alterarem a rapidamente depois receberem centenas de criticas. Os editores não conhecem ( não querem rconhecer) o talento as dezenas de pretas talentosas do Cinema. Eles tiraram do Facebook (print) mas ainda tá no site deles”, denunciou a página “Gente Preta”.

A Revista Bula ainda não se manifestou sobre a acusação.

 

Segunda Tela
Segunda Telahttps://revistaforum.com.br/segundatela
Espaço para discutir a cultura em tempos de multiconexão. Cinema, música, teatro, TV, internet e mais.