Segunda Tela

14 de março de 2018, 16h30

Temer lamenta morte de Stephen Hawking e leva troco nas redes

“Falou o imbecil que acabou com o Ministério da Ciência e Tecnologia”, comentou um internauta na postagem de Temer

Michel Temer postou, nesta quarta-feira (14) nas redes sociais mensagem sobre a morte do físico britânico Stephen Hawking e não teve mais sossego.

“Acabo de ler nos jornais que morreu hoje o físico britânico Stephen Hawking, um dos cientistas mais brilhantes de sua geração, cujo o trabalho e legado viverão por muito tempo. A ciência e o mundo perdem um grande aliado”, escreveu Temer.

Logo em seguida, uma seguidora postou:

“Enquanto Stephen Hawking estudava a amplitude e o vasto universo, a equipe brasileira de astronomia foi expulsa do laboratório internacional de astronomia pq o governo brasileiro não paga as mensalidades. Olha só que hipocrisia vc falar disso @MichelTemer“.

Um pouco mais adiante, outro internauta lembrou:

“Falou o imbecil que acabou com o Ministério da Ciência e Tecnologia”

No final do ano passado, foi anunciado pelo governo um corte para o ministério da Ciência e Tecnologia de R$ 1,2 bilhão da pasta em relação ao que foi previsto para a área em 2017.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum