quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Dados para ajudar a greve dos petroleiros e petroleiras

Há pouco participei de uma entrevista ao vivo com o pessoal do Brasil 247, explicando a situação da greve dos petroleiros e petroleiras, iniciada ontem em todo o Brasil.

Uma das etapas do movimento grevista foi a instalação de uma comissão permanente de negociação que, desde sexta-feira, está ocupando o Edifício Sede da Petrobrás (Edise). Como um dos diretores da FUP, Federação Única dos Petroleiros, faço parte desse grupo de trabalhadores e trabalhadoras que há mais de 48h se encontram dentro de uma sala de negociação.

Na “live” que fizemos muita gente perguntou como poderia ajudar o movimento e, sem muitas delongas, vou tentar contribuir aqui com uma compilação de dados para podermos realizar o debate sobre a Petrobrás.

Pra começar o mais básico: para aqueles que desejarem, sigam as páginas institucionais da FUP, que compila todas as informações de interesse da categoria petroleira e da sociedade. Temos Twitter (@FUP_Brasil), Instagram (@fupbrasil) e Facebook (Federação Única dos Petroleiros).

Além da própria página da Federação, temos ainda um Instituto pensado para discutir o mundo do petróleo como um todo, da geopolítica ao mercado. O Ineep: Instituto de pesquisa do setor petróleo tem o conteúdo com uma pegada mais acadêmica, criado para um debate mais profundo sobre o petróleo.

Como exemplo, deixo aqui um artigo dos professores Rodrigo Leão e William Nozaki sobre o impacto do Pré-Sal na industrialização do país.

Por fim, para aqueles que buscam um material mais midiático, temos uma campanha de publicidade permanente chamada É Petrobras. É do povo. É Brasil. Abaixo, um exemplo do material de campanha.

Por fim, deixo aqui um fio que fiz explicando nosso movimento e com alguns outros dados interessantes do petróleo. Vamos a luta, galera!!

*O artigo foi publicado originalmente no Blog O Cafezinho

Tadeu Porto
Tadeu Porto
Diretor da Federação Única dos Petroleiros e do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, escreve no blog Sindicato Popular, na Revista Fórum.