Pandemia: menos empregos nas montadoras

A pandemia do Covid-19 agravou o quadro de recessão no setor automobilístico: a venda de veículos leves e pesados caiu 26,2% em 2020.

Em outubro de 2019, com o fechamento da Ford em São Bernardo do Campo, 1400 metalúrgicos perderam seus empregos, num dos setores mais afetados pelas mudanças tecnológicas da 4a. revolução industrial.

A pandemia do Covid-19 veio agravar esse quadro com menos empregos no setor das montadoras: a venda de veículos leves e pesados caiu 26,2% em 2020.

Menos empregos e pressão pela vacina

O balanço sobre produção e empregos no setor automotivo serão divulgados pela Anfavea- Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores- na próxima semana, bem como as projeções para este ano. Mas já sabemos que os emplacamentos de veículos leves e pesados registraram queda de 26,2%, em 2020, em comparação com 2019, segundo dados do Renavam – Registro Nacional de Veículos Automotores.

Foram licenciados 2,06 milhões de carros de passeio, comerciais leves, ônibus e caminhões no ano passado. Embora dezembro tenha sido o melhor mês do ano de 2020, em relação a dezembro de 2019, houve queda de 7,1%.

A Anfavea é uma das entidades mais preocupadas com a vacinação, pois depende disso para retomar a produção em maior escala e atender a demandas dos setores de veículos pesados e de frotas.

Alta do dólar e falta de componentes

Não vai ser fácil recuperar os índices de 2019: a alta do dólar e a desvalorização do real encarecem o preço do carro zero. Além disso, no Brasil que destrói o meio ambiente, para extrair ferro, mas importa aço, o fornecimento de componentes para as montadoras está prejudicado.

Em 2020, faltaram inúmeros componentes e matérias primas para todas as indústrias. A Hering, por exemplo, ficou sem algodão para as suas clássicas camisetas. Não foi diferente para a indústria automobilística: faltou aço, pneu etc.

As montadoras esperam ainda a normalização no fornecimento de componentes. O aço continua a ser o maior problema, mas a indústria do pneu afirma que o fornecimento já está sendo normalizado.

Com informações da Anfavea e Minaspetro

Avatar de Sindicato Popular

Sindicato Popular

O blog é uma parceria da Fórum com o Sindipetro-NF (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense). Traz artigos e análises de temas de interesse dos trabalhadores.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR