Para não ser fotografado, “Bolsonaro filipino” pede para ser vacinado no bumbum

Rodrigo Duterte acabou criando uma controvérsia médica internacional: é possível receber a injeção contra a Covid-19 nas nádegas?

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, frequentemente comparado a Jair Bolsonaro por sua postura autoritária, discursos violentos, uso do ódio nas redes sociaisdeclarações machistas e perseguição a ativistas dos direitos humanos, encontrou a desculpa ideal para não ser fotografado recebendo a vacina contra o coronavírus. Para fugir aos flashes, Duterte, de 75 anos, pediu para ser vacinado no bumbum.

A decisão insólita de Duterte atiçou a curiosidade dos chineses: a vacina contra a Covid-19 teria a mesma eficácia quando aplicada no bumbum? Um especialista disse que sim –o que não pode garantir é que a bunda presidencial não fique deformada depois

“Sim, é verdade. Ele falou que quer receber a injeção na nádega, por isso não pode fazê-lo em público”, afirmou o porta-voz da presidência Harry Roque. O ministro da Saúde, Francisco Duque, defendeu o pedido do presidente, comparando-o à rainha da Inglaterra, Elizabeth II. “Sua decisão é como a da monarca britânica. A rainha não quis ser vacinada diante de todo mundo”, disse.

No início do ano, Elizabeth II, de 94 anos, e seu marido, o príncipe Phillip, de 99, receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, mas não foram divulgadas imagens da cena.

A decisão insólita do “Bolsonaro filipino” atiçou a curiosidade dos internautas chineses: teria a vacina contra a Covid-19 a mesma eficácia quando aplicada no bumbum? Um especialista em vacinas disse ao jornal chinês Global Times que sim, a eficácia seria a mesma –o que não pode garantir é que a bunda presidencial não fique deformada depois.

“A injeção no bumbum provavelmente não muda o efeito da vacina, mas pode trazer algum risco de anormalidades do músculo das nádegas, afetando a aparência dos glúteos”, disse Zhuang Shilihe, acrescentando que outra diferença é que no bumbum dói mais. Ele lembrou que é comum receber a injeção nas nádegas nas vacinas contra hepatite B, tétano e difteria, mas em relação à vacina contra a Covid-19 a indicação é que seja aplicada no braço. Outros especialistas disseram ao jornal que o risco de a vacina causar anormalidades nos músculos das nádegas é maior entre crianças.

“Qualquer grande músculo serve, não importa se o braço ou a bunda”, disse o médico Edsel Salvaña, membro da força-tarefa contra a Covid-19 nas Filipinas. O diretor da FDA do país justificou que algumas pessoas preferem ser vacinadas na bunda para não ficar com a cicatriz no braço

“Qualquer grande músculo serve, não importa se o braço ou a bunda”, disse o médico Edsel Salvaña, membro da força-tarefa contra a Covid-19 nas Filipinas, ao canal ABS-CBN News. “Teoricamente, você pode ser vacinado na nádega. Mas, a não ser que tenha pouco músculo no braço, o braço é ideal.” O diretor da FDA (Food and Drug Administration) do país também comentou o caso, justificando que algumas pessoas preferem ser vacinadas na bunda para não ficar com a cicatriz no braço.

O ex-chefe da força tarefa contra a Covid-19 no país, Tony Leachon, disse esperar que Duterte siga o exemplo de outras autoridades e se vacine em público –e no braço. “Nosso próximo grande desafio é convencer as pessoas a serem vacinadas. É lamentável que o presidente Duterte tenha escolhido as nádegas para ser vacinado em vez do músculo deltoide, como o presidente Joe Biden, o presidente da Indonésia, Joko Widodo, e o primeiro-ministro de Singapura, Lee Hsien Loong. Seria inspirador”, disse o médico no twitter.

Os adversários do presidente dizem que Duterte, na verdade, está optando pela vacina às escondidas e no traseiro para não mostrar ao povo qual é exatamente a marca que vai tomar. O país optou pelas vacinas chinesas. “Os chineses não falharam em produzir a vacina. Eles não são estúpidos. Os chineses são inteligentes e não se aventurariam na produção de vacinas se soubessem que não seriam seguras, garantidas e confiáveis”, disse o presidente no início do mês.

Publicidade

Mas, em agosto do ano passado, ele também afirmou ter “grande confiança” na vacina russa Sputnik V e chegou a se voluntariar para um teste. “Direi ao presidente Putin que tenho grande confiança em seus estudos no combate à Covid-19 e acredito que a vacina que produziu é realmente boa para a humanidade”, afirmou, em comunicado transmitido pela televisão. “Posso ser o primeiro em que eles podem fazer experiências.”

Na época, Duterte não escolheu onde preferia tomar a agulhada.

Publicidade
Avatar de Socialista Morena

Socialista Morena

Uma nova forma de fazer jornalismo. Cultura, política, feminismo, direitos humanos, mídia e trabalho. Editora: Cynara Menezes

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR