Blogs

Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de março de 2018, 12h17

Supremas viúvas

Enquanto serviu aos interesses da direita brasileira e da mídia, a Suprema Corte brasileira era o último reduto da Pátria. Agora, por conta de uma única e miserável decisão a favor de Lula, as turbas de colunistas passaram a vomitar quilômetros de impropérios

Foto: STF

Enquanto o STF serviu aos interesses da direita brasileira e da mídia que o comanda com cordinhas de marionete, a Suprema Corte brasileira era o último reduto da Pátria.

No teatro do Mensalão, o então presidente do STF, Joaquim Barbosa, virou capa da Veja e emplacou um filho na TV Globo, no programa de Luciano Huck.

Para reverenciar Gilmar Mendes, para quem repórteres se ajoelhavam para entrevistar, a Veja produziu um patético grampo sem áudio, para acusar o governo Lula de espionar o STF.

Para derrubar Dilma e manter essa quadrilha dentro do Palácio do Planalto, mídia e golpistas contaram, como se sabe, com o Supremo, com tudo, nas palavras imortais de Romero Jucá, codinome “Caju”.

Agora, por conta de uma única e miserável decisão a favor de Lula, uma mixaria de admissibilidade de HC, as turbas de colunistas e subcontratados da mídia passaram a vomitar quilômetros de impropérios contra o STF.

Gilmar, antes tão amado, virou um demônio.

As indicações de José Sarney (Celso de Mello), Fernando Collor (Marco Aurélio) e Fernando Henrique (ele mesmo, Gilmar Mendes), passaram de presentes dos deuses a fontes de todo vício, de todo mal.

Trata-se de um movimento tão claramente orquestrado para intimidar os ministros que chega a ser ridículo.

Aliás, como são ridículos os articulistas dessa mídia decrépita.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags