Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

24 de outubro de 2013, 16h33

presidente do Sindipetro-RJ Emanuel Cancela deixa o PT, presidenta Dilma diz que reação contra Libra é: xenofobia

Em entrevista para a Agência NotA concedida ao final do ato contra o leilão do Campo de Libra (pré-sal), o presidente do Sindipetro-RJ Emanuel Cancela fala sobre sua desfiliação do Partido dos Trabalhadores.

À Direção Nacional do Partido dos Trabalhadores, PT

C/C À direção Municipal e Estadual do PT do Rio de Janeiro

É com tristeza que me despeço dos companheiros! Durante décadas ajudei a construir o PT. Dediquei grande parte de minha vida ao partido, e o único partido ao qual me filiei. Nunca tive cargo no partido e em nenhuma empresa e governo, como também nunca o desejei. Que fique claro que não tenho nada contra quem ocupa cargos, muito pelo contrário, acho legítimo! O leilão de Libra, para mim, é a gota dagua que faltava para me afastar definitivamente de um partido que, a cada dia, se torna mais entreguista e neoliberal.

O Partido dos Trabalhadores se coloca agora contra uma das principais bandeiras do povo brasileiro, o qual foi para as ruas na década de 40 e 50, na campanha “O petróleo é Nosso!”, a maior campanha cívica que este país conheceu! Continuarei a participar ativamente dos movimentos sindicais e sociais, mas não posso levar nas costas o peso de um partido que tão importante para a organização da classe trabalhadora e a democratização do país, transformando-se hoje num partido burguês, a serviço do grande capital dos patrões e a defender privatizações, com ajuda até do exército, diga-se de passagem.

Como se não bastasse, o PT continua a defender o governador do Rio, Sérgio Cabral, símbolo da corrupção no país, e apóia também o prefeito do Rio, Eduardo Paes. Sérgio Cabral e Eduardo Paes mandaram a PM bater em professores! Não dá para um militante socialista, com o mínimo de dignidade e de compromisso com a classe trabalhadora e a soberania de nosso país, continuar no PT.

Levo saudades de muitos companheiros. Muitos dependem do partido para sobreviver, esqueceram-se da vida e se dedicaram integralmente ao partido e hoje são reféns dessa política. Outros que merecem nosso respeito são aqueles que tentam mudar o partido por dentro. Honestamente, para mim não dá mais! Muitos dirão:” já vai tarde…,..mas ele já não tinha saído do partido?” Com certeza, muitos destes são os grandes culpados pela deterioração das políticas do PT.

Saudações Socialistas,

Rio de Janeiro, 19 de outubro de 2013.

Emanuel J. A. Cancella

Secretário-Geral do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional do Federação Única dos Petroleiros

EMANUEL CANCELLA do Sindipetro-RJ (em comentário do Viomundo):

A presidenta agora diz que o Brasil vai ficar com oitenta e cinco por cento da renda de Libra. Ora o Brasil ficou com 40% do petróleo de libra e doou para às multis 60%, como vamos ficar com 85% da renda? Esses números não batem, alguém está mentindo nessa história! Para entender o leilão de Libra: você descobre um tesouro no terreno de sua casa, mas como você é muito bonzinho, doa mais da metade do tesouro, 60%, para vizinhos ricos. E também, como você não consultou o restante de sua família, dona Dilma não consultou os brasileiros para fazer essa doação. A presidenta em rede nacional diz para os brasileiros que fez um excelente negócio.

Diferentemente dos portos e aeroportos, nos quais o governo fez concessão por 30 anos e, ao final, o estado pega de volta os ativos, no petróleo é privatização mesmo, pois, depois de quarenta anos de concessão, prazo concedido pela ANP, nada mais vai restar do campo de Libra, todo o petróleo do campo já estará produzido e vai restar para os brasileiros somente o passivo ambiental.

Dilma não somente está doando nosso petróleo, como também está leiloando os terminais da Petrobrás, pois dia 25/10 tem leilão dos terminais de São Paulo, do Norte e Nordeste. Os terminais foram construídos nos 60 anos da Petrobrás com pesados investimentos públicos e agora dona Dilma manda para leilão. Na Petrobrás da Dilma, nós brasileiros vamos pagar aos empresários para utilizar os terminais que eram nossos. *grifos nossos).

Isso é verdade?

Comentário do Victor Farinelli

Aqui jaz o direito a divergir. Saudades de uma esquerda capaz de debater sem desqualificações? Fora do Brasil, onde, pelo que se vê abaixo, até a presidenta aderiu à moda dos rótulos fáceis. É xenofobia achar que a Petrobras poderia ser mais estatal e ter mais de 80% do lucro da produção, como acontece com a venezuelana PDVSA?

Dilma diz que reação negativa à presença de estrangeiros em Libra é xenofobia

Presidente assegura que investimentos com a receita serão aplicados no país

ELIANE OLIVEIRA, LUIZA DAMÉ, MARTA BECK, O Globo

24/10/13

A presidente Dilma Rousseff participa da cerimônia de anúncio do resultado da seleção de saneamento e pavimentação do PAC 2 Foto: Jorge William / Agência O Globo
A presidente Dilma Rousseff participa da cerimônia de anúncio do resultado da seleção de saneamento e pavimentação do PAC 2 Jorge William / Agência O Globo

BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff voltou a defender a metodologia usada pelo governo no leilão para a exploração de petróleo no campo de Libra. Ela chamou de “absurda xenofobia” as reações contrárias à presença de empresas estrangeiras no consórcio vencedor: estarão ao lado da Petrobras as estatais chinesas CNPC e CNOOC, a francesa Total e a anglo-holandesa Shell.

– As duas chinesas são grandes empresas internacionais de petróleo e é bom que se diga no Brasil, para acabar com a absurda xenofobia, são grandes parceiras internacionais e as duas empresas privadas são grandes produtoras de petróleo – disse Dilma, durante discurso em solenidade de lançamento de recursos para saneamento e habitação.

– Quem vem extrair petróleo do campo de Libra tem competência tecnológica e financeira – completou.

A uma plateia formada por dezenas de prefeitos, Dilma assegurou que a maioria das receitas a serem obtidas como campo de Libra será para o Brasil e os brasileiros. Lembrou que a maior parte dos recursos vai para educação e reafirmou que o sistema de exploração de produção será de partilha, não havendo qualquer possibilidade de mudança para outro tipo de regime, como o de concessão.

Libra deixará marca importante, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a exploração do campo de Libra, no pré-sal, deixará uma marca importante para o Brasil. Ao participar de sessão de debate sobre o pacto federativo no plenário do Senado, o ministro lembrou que os investimentos em Libra somarão US$ 180 bilhões nos próximos 30 anos e que a exploração do campo resultará na produção diária de 1 milhão a 1,4 milhão de barris de petróleo no país.

– Só Libra vai acrescentar 50% à nossa produção diária de petróleo, que é de 2 milhões de barris. E todo o rendimento será destinada ao fundo social para investimentos em educação. É o maior empreendimento implantado no país. Ele deixará uma marca importante – disse o ministro.

Leia mais

Para quem esqueceu a greve dos petroleiros de 1995, um pouco de história

Para CUT, escolha do consórcio liderado pela Petrobrás está longe de ser o melhor cenário, FUP continua a greve

Rede Brasil Atual: País ficou 60% mais pobre, afirmam críticos do leilão do campo de Libra

Guilherme Estrella, descobridor do pré-sal: “Leiloar Libra é grave erro estratégico”

Algumas considerações aos governistas pró-leilão que negam o direito de expressão aos que foram contra o leilão

Tem mais soldados do exército pra garantir leilão de Libra que manifestantes protestando

Para FUP, governo brasileiro erra ao não considerar petróleo estratégico para as próximas décadas

TV Cut: Programa mostra que os leilões trarão riscos à soberania nacional e à classe trabalhadora

Sabrina Lorenzi: Uso do poder estatal em Libra será teste para futuros leilões

FUP explica porque é contra o leilão do maior campo de petróleo já descoberto: Libra

Com Seminário, CUT reforça campanha pela suspensão do leilão de Libra

A carta aberta dos petroleiros aos presidentes e à população

Melhor e mais justo debate o Leilão do Pré-Sal

Denúncia: FUP: Cerca de 200 petroleiros são mantidos em cárcere privado na Bacia de Campos

Gabrielli, ex-presidente da Petrobrás: leiloar Libra vai na contramão da lei da partilha

GABRIELLI E LIBRA: MAIS PARA FHC QUE PARA LULA

Movimento sindical deve cobrar suspensão do leilão de Libra, diz Gabrielli

Outro lado: Wladimir Pomar Pré-Sal: Ficção e Realidade

Bob Fernandes: Quanto vale o pré-sal?

FUP: Se por lei Libra pode ficar com a Petrobras, por que o Leilão???????

Carlos Lopes: A burla à lei para entregar o pré-sal de Libra às múltis

Dilma conseguiu dar visibilidade a Eduardo Campos na Hora do Povo. Parabéns!

Você não está entendendo o que vai acontecer dia 21 se você não se mexer? Vão vender o Brasil. REAJA!

Stedile: Dilma, não entregue nosso pré-sal para empresas estrangeiras

Recordando: Carta de 88 organizações à presidenta carta pedindo suspensão do leilão do pré-sal

O PETRÓLEO É NOSSO! Pela Suspensão Imediata do Leilão do Campo de Libra do Pré-Sal! Assine!

Juan Barahona: “Privatizações e concessões são câncer neoliberal a ser extirpado em Honduras”

Heitor Scalambrini Costa: A entrega do Campo de Libra

SP: Movimentos ocuparão Avenida Paulista nesta quinta (3) para barrar o leilão de Libra

Movimentos sociais pela suspensão do leilão de Libra: “atentado contra a soberania e o desenvolvimento” 

Veja também:  Em comentário xenófobo, Trump manda congressistas democratas de origem estrangeira voltarem a seus países

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum