Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

27 de novembro de 2012, 22h48

Racismo na PM do Paraná: “Fora da Lei, é a barbárie”

Recebo de Vanda Régia Corrêa Gomes via Serginho Athayde pelo facebook uma gravíssima denúncia de racismo institucional no Paraná

As cenas e relatos que vemos e ouvimos neste vídeo da RPC TV são tão revoltantes que nos perguntamos em que ano estamos. O que faz com que nossas polícias continuem agindo como se fossem capitães do mato e as pessoas negras fossem sujeitos sem direitos?

Como pode invadir a casa de uma família espancar seus membros até sangrar, prendê-los e as testemunhas e na delegacia continuar torturando-os, violentando-os, física e verbalmente??????

A advogada Andréia Cândida Vitor relata como foi submetida a sessões de torturas físicas e psicológicas, seus agressores? Policiais militares. Seu crime? Testemunhar desmando e truculência dos seus agressores.

De acordo com advogada, ela foi agredida porque presenciou a truculência da PM paranaense em uma rua próxima a sua casa. De acordo com Andreia a polícia desrespeitou os direitos de idosos, deficientes, crianças e adolescentes.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR), Juliano Breda, disse que a OAB do Paraná prestará toda assistência jurídica necessária à advogada, diante “desse gravíssimo episódio e exigirá das autoridades a firme responsabilização dos envolvidos”.

Assista ao vídeo

____________
Publicidade

Veja também:  Trump usa o racismo como tática eleitoral

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum