Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

18 de outubro de 2011, 19h29

Venezuela pode ter sua Comissão da Verdade real

Lei contra o Esquecimento pode ser aprovada nesta terça-feira

Por: Prensa YVKE Mundial, via Aporrea, tradução: Emerson Silva, especial para o Maria Frô

18/10/11

Credito: Prensa AN

Caracas, 18 de outubro- A Assembléia Nacional começará nesta terça-feira a segunda discussão do Projeto de Lei para Sancionar os Crimes de Desaparecimentos, Torturas e outras Violações dos Direitos Humanos por Razões Políticas no período 1958-1998, popularmente conhecido como Lei Contra o Esquecimento.

Assim o ratificou nesta segunda-feira o presidente da Assembleia Nacional, Fernando Soto Rojas, no programa Contragolpe, transmitido por Venezolana de Televisión, o qual assinalou que a lei tem chances de ser aprovada. Disse ainda que este instrumento legal é uma lei especial para um período histórico concreto.

Soto Rojas considera que para os parlamentares socialistas e para as vítimas é importante “determinar com clareza que naquele período tínhamos um Estado terrorista”.

Este instrumento legal busca fazer justiça para com os torturados, os desaparecidos e os assassinados no período da Quarta República, como foi o caso do dirigente da Liga Socialista, Jorge Rodríguez, que morreu durante o primeiro governo de Carlos Andrés Pérez, em consequência de inúmeráveis torturas.

Ele recordou ainda que esta lei, bem como outras impulsionados no período legislativo em que ele preside a Assembleia Nacional, foi o produto de propostas da sociedade organizada.

___________
Publicidade
//
//

Veja também:  Plano Cohen, Rio-centro e agora se chama SSS

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum