Imprensa livre e independente
13 de julho de 2019, 17h56

Bolsonaro comete crime ao piratear cena de filme e diz, no Twitter, que vídeo foi “vazado”

Cena, em que o ex-ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência no governo Lula, Gilberto de Carvalho, aparece fazendo uma autocrítica aos governos do PT, é do filme "O Processo", sobre o golpe contra Dilma Rousseff

Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Sem muito a fazer, Jair Bolsonaro se ocupou em divulgar mais uma fake news neste sábado (13) pela sua conta no Twitter. Na publicação, o presidente diz que um vídeo, em que o ex-ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência no governo Lula, Gilberto de Carvalho, aparece fazendo uma autocrítica aos governos do PT, “vazou” e relaciona as imagens ao Foro de São Paulo. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo No entanto, segundo o deputado Paulo Pimenta (PT/RS), o vídeo é uma cena do documentário “O processo”, da diretora Maria Augusta...

Sem muito a fazer, Jair Bolsonaro se ocupou em divulgar mais uma fake news neste sábado (13) pela sua conta no Twitter. Na publicação, o presidente diz que um vídeo, em que o ex-ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência no governo Lula, Gilberto de Carvalho, aparece fazendo uma autocrítica aos governos do PT, “vazou” e relaciona as imagens ao Foro de São Paulo.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

No entanto, segundo o deputado Paulo Pimenta (PT/RS), o vídeo é uma cena do documentário “O processo”, da diretora Maria Augusta Ramos, sobre o golpe contra a ex-presidenta Dilma Rousseff (PT), que teria sido “pirateado” de forma criminosa por Bolsonaro.

“Essa cena não é “vazamento” e não tem qualquer relação com o Foro de SP. Trata-se de uma cena do documentário “O processo”, da diretora Maria Augusta Ramos, sobre o golpe contra @dilmabr e PIRATEADO de forma criminosa pelo presidente da República para milhões de seguidores”, tuitou o deputado.

Segundo Pimenta, Bolsonaro cometeu o crime de pirataria, previsto no artigo 184 do Código Penal, com pena de prisão de 3 meses a 1 ano.

Veja também:  "Bolsonaro não sabe o que é a fome ou resolveu distorcer a realidade", diz colunista da Folha

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum